Tesouro da Rainha Dragão (Campanha em Andamento)

Estou abrindo 2 vagas de Tirania de Dragões que está em andamento.

Atualmente no Episódio 5 do livro Hoard of the Dragon Queen, totalizando aproximadamente apenas 30% da campanha como um todo.

Farei uma seleção dos jogadores com as melhores ideias para suas personagens.

Regras para personagem

Seu personagem deve:

  • Ser feito seguindo as regras OFICIAIS (ou seja, nada de UA que são playtest, nem pensar em homebrew)

  • Adventure Hook : Qual a motivação (e a história por trás disso) da sua personagem em impedir o retorno de Tiamat?

  • Não serão permitidos antecedentes personalizados

  • Não é permitido a utilização do Xanathar Guide to Everything exceto seu lore

  • Não é permitido vilões, pois trata-se de uma campanha sobre heroísmo.

  • Seu personagem deve estar no #vault

  • Atributos padrão: 15,14,13,12,10 e 8. Equipamento inicial (não permitido rolar riqueza) e level 4.

Regras para jogador
  1. As sessões serão semanais no horário especificado pelo canal da Dungeon e pelo roll20.

  2. Deverá ter instalado o ■■■■ e o VTT. Para quem não o tem é só usar o Como Instalar o 5eTools

  3. Jogadores iniciantes somente se já souberem como montar o personagem como regras acima

  4. Trata-se de campanha com previsão para no mínimo 1 semestre. Então prepare-se para estar comprometido.

Oi Mosonow to interessado em participar, o que mais me atraiu foi o fato de ser uma campanha bem longa, então aqui vão as informações:

Personagem no vault: Killian Sölvpusten

Adventure Hook : Qual a motivação (e a história por trás disso) da sua personagem em impedir o retorno de Tiamat?

Descobri que um culto de dragões foi responsável pela morte de meu mestre e agora rumo para Ninho Verde para obter respostas.

Celebrinbor, um Feiticeiro, ancestral de minha família teve o sangue mágico puro do Rei Dragão de Prata Anihilion misturado em seu sangue através de um poderoso ritual Arcano. Como isso aconteceu? Dragões Vermelhos aniquilaram a linhagem inteira de Anihilion em sua própria terra, o Vale de Gelo, e ele foi o único sobrevivente, apesar de muito ferido ele conseguiu transportar magicamente Celebrinbor, alguém que ele confiava com sua vida, até o local. Utilizando toda a magia deixada pela sua linhagem naquele solo, Anihilion infundiu todo seu sangue mágico no corpo de Celebrinbor, mas antes de se tornar um espírito selvagem, ele pediu a Celebrinbor que obtivesse vingança pela tragédia ocorrida aos Dragões de Prata. Três meses após esse acontecido os responsáveis haviam sido completamente obliterados, derrotados por Celebrinbor sozinho. Ele então se tornou uma lenda por toda Faerûn e ficou conhecido como o feiticeiro portador do legado dos Dragões de Prata, o mais poderoso entre os Altos Elfos da Primeira Era. Em determinas gerações esse poder se manifesta em minha família, os Sölvpusten( ou Silver Breath na língua comum). O último portador do poder foi o avô de meu pai, Alenórin, algúem que eu muito admirava. Ele estava até pouco tempo investigando um certo culto de Dragões nos arredores da cidade de Ninho Verde, até que soubemos de sua morte. Leais e poderosos servos da linhagem Sölvpusten, foram atrás de descobrir os detalhes do confronto que levou a derrota de Alenórin, mas poucos retornaram, e os que retornaram não lembravam de absolutamente nada do que viram. Faérin, meu pai acredita que os decendentes dos Dragões Vermelhos derrotados por Celebrinbor ou os cultistas que ele estava investigando estão por trás disso. Eu tive a certeza sobre essa teoria enquanto vasculhava os pertences deixados por Alenórin em seu quarto, lá eu achei um envelope, dentro tinha um colar de prata com um pingente de rubi e uma carta destinada a mim. O colar me era semelhante, já o tinha visto antes em algumas pinturas que retratavam Celebrinbor em nossas propriedades, estava certo de que era o mesmo. Na carta estava escrito: “Killian, se você está lendo isso, algo deve ter acontecido a mim. Todos os anos que passei lhe ensinando sobre os lendários poderes do Dragão de Prata não foram em vão, você agora é o único herdeiro vivo. Durante algumas missões eu descobri que membros do Culto do Dragão estavam atrás de nosso sangue para realizar um ritual poderoso que trará de volta a Faérun uma terrível ameaça! O meu sangue eles não terão, eu dei um jeito nisso, agora eles irão atrás do seu. Você deve descobrir o que está por trás desse ritual e detê-los, porém sozinho mesmo com todo o poder Dracônico de Prata não será suficiente, você precisa encontrar poderosos e leais companheiros que estarão ao seu lado para impedir essa ameaça. O colar que deixo a você detém poderosa magia oculta ligada a Celebrinbor, não sei muito a respeito disso ou que tipo de propriedade mágica ele possui, isso você terá que descobrir sozinho, que o espírito do Rei Dragão de Prata Anihilion o proteja!”. Ao ler todo o conteúdo da carta fiquei curioso e ao mesmo tempo preocupado, preciso agora descobrir que segredos estão por trás desse colar, devo sair do Vale dos Elfos rumo a Ninho Verde e descobrir as verdadeiras intenções do Culto do Dragão e obter vingança contra os responsáveis pela derrota de Alenórin! Honrarei meu legado deixado por Celebrinbor como portador da Magia do Rei dos Dragões de Prata.

Olá, gostaria de participar da campanha. Jogo e mestro D&D 5e há um ano e uns meses. Já joguei Hoard of the Dragon Queen duas vezes até o começo do nível 3 e sei mais ou menos como o barco anda e creio não ficar lá muito perdido na história. Da primeira vez que joguei fui de clérigo e não acabamos porque o mestre não pode continuar. Da segunda joguei de ranger e não foi pra frente porque o grupo se desfez. Enfim, gostaria de acabar a história agora.

Com relação ao personagem, quando eu descobrir como se põe ele no vault eu faço :v Mas só pra deixar registrado, posso jogar tanto com o clérigo e o ranger de antes como com outro se precisar de outras classes.

Minha ideia enquanto escrevo isso é um warlock tiefling CN do pacto com o fiend (tiamat?, demônios?, campanha errada talvez?) que no começo dos ataques na Costa da Espada ajudou a causa do Culto do Dragão “por fora” (apenas porque sim?). Mas após quase ser morto por membros “oficiais”, tipo os Magos Vermelhos, porque podia por todo um plano abaixo pela incompetência, resolveu se rebelar contra o Culto e ajudar da melhor maneira a combatê-lo, enquanto luta internamente contra seu patrono por sua nova escolha de vida (ou vai ver o patrono que mandou se rebelar).

Parando para pensar, um feiticeiro de ancestral dracônico cromático que luta a favor dos mocinhos também é uma ideia a se considerar. Anyway, quando descobrir como usar o vault eu ponho essas ideias lá. Qualquer dúvida é só falar.

Está aqui a possível versão final do personagem. É quase idêntico a ideia que apresentei ontem:

Kainon Häire

Opa, tudo bem?

Chamo Leonardo, tenho 26 anos e jogo d&d desde os 11. Há alguns meses que estou à procura de uma mesa recorrente. Acho que completei todos os requisitos necessários e seria um prazer jogar com vocês caso as vagas ainda não estejam preenchidas.

p.s Caso tenha dúvidas é só me contatar que conversamos :slight_smile:

Abração!

Quase que deixo passar!
Jogo há 2 anos no mesmo grupo, e mestro há 1 ano e meio para outro grupo. Nesse período, joguei a aventura Out of the Abyss e mestrei Lost Mines of Phandelver, Storm King’s Thunder e estou no final de Curse of Strahd. Joguei pelo menos uma sessão com todas as classes, menos Monge! Assim, aqui está meu personagem para esta campanha:

This topic was automatically closed after 5 days. New replies are no longer allowed.

Muito obrigado a todos que participaram, porém infelizmente só tenho 2 vagas.

Então Kobold Paladino - Kip com @IgorKuscan e Randall Moil com @matheusmes sejam bem vindos a luta contra Tiamat!

@staff Já vou fazer as devidas configurações.