Odisseia Mítica de Theros - One-shot

Lindas e lindos, bora jogar no novo cenário de D&D Odisseia Mítica de Theros.

Klotho é uma charlatã da cidade de Meletis que enganava pessoas com suas adivinhações genéricas. Os Doze, conselho que governa a cidade, aprisionou Klotho depois de uma perturbação pública. Você ouve pelas ruas que essa perturbação foi um surto profético e que a primeira etapa está para começar. Há dúvidas sobre se é uma profecia ou mais um golpe da charlatã, mas o que te tira o sono é o fato de Klotho descrever o herói como alguém igual a você.

Informações da mesa:

  • Sistema: Dungeons & Dragons 5e
  • Plataforma: Roll20 e Discord
  • Data/Horário: A combinar (Em Julho)
  • Vagas: 5
  • Critérios de Seleção: História do personagem (Até 19/06)

3 Likes

Até quando vai a seleção?

Oi, tenho interesse.

Nome: Phil
Raça: Sátiro
Classe: Bardo, Escola do Glamour

Nascido na floresta de Nessian, Philoctetes sempre se sentiu deslocado vivendo na floresta. Sempre achando que tudo era “mais do mesmo”.
A sociedade em que cresceu, ao contrario da maioria dos sátiros, era contra a escravidão de humanos, embora ainda tivessem as outras praticas tão famosas dos sátiros.
Cresceu ouvindo historias sobres as grandes cidades e sempre imaginando as belas mulheres que viviam lá. Principalmente em Setessa, onde historias diziam só ter belas mulheres filhas de deuses.
Com esse pensamento, Phil, como preferia ser chamado, pegou todos os seus pertences (que não eram muitos) e partiu para a sua busca por belas mulheres. E claro, usando do seu talento artístico para ganhar uma ou outra moeda quando precisasse.

1 Like

Até dia 19/06, bem lembrado. Adicionado na descrição.

1 Like

Nome: “Cão”
Raça: Leonino
Classe: Guerreiro

Filho da pólis de Ácros, Cão desconhece seus pais, teoriza que tenham sido escravos ou guerreiros que morreram em alguma batalha, particularmente Cão prefere acreditar na segunda. No final, a memória de seus pais foi há muito perdida junto com seu nome verdadeiro. O que se sabe é que sobreviver requer força, inteligencia e as vezes um pouco de sorte, e o Cão possui todas. A princípio treinava escondido nos arbustos escondido átras dos pátios militares de Ácros e sobrevevia da humildade dos moradores da pólis ou roubando um pão aqui e ali, mas uma nova forma de ganhar a vida surgiu: A arena de gladiadores!
Se submetendo como gladiador escravo de um mercador, o nome “Cão” ficou razoavelmente reconhecido em Ácros e suas habilidades mais afiadas. Ao vencer uma luta contra um minotaura particularmente impiedoso, Cão rouba-lhe um amuleto de seu adversário. Este amuleto possuía o símbolo de Niléia cravado em um de seus lados e os dizeres “Ao meu caçador, os espólios” no outro. No mesmo dia, seu senhor é morto por uma flecha, o que lhe garante uma chance de liberdade. Cão não acredita que exista coincidências em Theros, só pode ser o destino lhe sorrindo. A partir deste momento, Cão parte em busca de se tornar o herói que seu destino lhe reserva.

2 Likes

Então, time, vou cancelar essa one-shot por falta de inscrições. Agradeço a participação dos poucos disponíveis. Futuramente, mais oportunidades.

This topic was automatically closed 60 minutes after the last reply. New replies are no longer allowed.