Maldição do Trono Carmesim (Em andamento)

▬ Título: Maldição do Trono Carmesim ( Aventura Oficial )
▬ Sistema: Pathfinder 1e
▬ Plataforma: Discord + Roll20
▬ Requisitos: Necessário experiência em RPG e não necessário em Pathfinder, microfone e PC

Data/Horário: Terça-feira 19:00 as 22:30

▬ Duração: Campanha em andamento no livro 2 de 6
▬ Vaga: Somente 1
▬ Descrição:

Resumo

Korvosa, a joia de Varisia, há muito brilha na costa da Baía do Conquistador. Fundada há pouco mais de 300 anos por Cheliax no auge da expansão do império, a cidade agora comanda seu próprio destino. Uma linhagem de reis e rainhas de Korvosan emergiu para governar a cidade, estabelecendo uma sede de poder infame - o Trono Carmesim. Os governantes ocuparam o Trono Carmesim por mais de um século, e a cidade floresceu; no entanto, a monarquia sempre parece à beira do desastre. O Trono Carmesim não é um prêmio a ser conquistado - é uma maldição. Nenhum monarca de Korvosa morreu de velhice e nenhum produziu um herdeiro enquanto governava. O rei recentemente morreu, e agora Korvosa está nas mãos da rainha Ileosa Arabasti, caos generou da morte do rei, mas depois de um tempo tudo se acalmou. Agora a cidade vive a beira de uma pandemia.

Atualmente a party está no livro 2 (totalizando 30% da campanha como um todo) e no level 5

Farei uma seleção do jogadore com a melhor ideia para sua personagens, e que combine com a party já presente.

A party consiste em:
Halfling Ninja
Half-elf Witch
Half-elf Ranger
Half-orc Fighter

Regras para personagem

Seu personagem deve:

  • Raças: Core races
  • Classes: Core, Base Classes (Exceto Gunslinger, Cavalier, Summoner e Vampire hunter), Hybrid Classes (apenas Investigator, Swashbuckler e Warpriest)
  • Adventure Hook : Será tratado depois da escolha, mas a princípio a aventura se passa na cidade de Korvosa, então trate o Background já com a ideia de estar nessa cidade.
  • Não é permitido vilões, pois trata-se de uma campanha sobre heroísmo (sem alinhamento evil).
  • Atributos: Compra com High Fantasy - 20 pontos e level 5.

Trata-se de uma campanha que terá duração de no minimo 6 meses, então peço comprometimento quando se inscrever.

Olá, tenho interesse :slight_smile:

Pensei num clérigo aqui.

@Fred_Franca
Cadê a história da personagem, raça e alinhamento?

Pensei em um Humano Warpriest seguidor de Irori que veio em uma peregrinação em busca do auto-aperfeiçoamento para Korvosa e decidi como missão própria investigar o que está acontecendo enquanto busca aprendizado para si.

Human
Lawful Neutral
Warpriest

Meng Hao veio de Tian Xia em busca do auto-aperfeiçoamento como muitos seguidores de Irori(Iro-Shu em Tian Xia) o fazem, ele tenta seguir a trajetória do seu deus não exatamente pregando sobre ele mas por meio de suas ações. Ele sabe que muitos precisam passar por diferentes tribulações muitas vezes para entender a mesma coisa, então ele está em busca de suas próprias tribulações em que ele vai tomar para si, e a tribulação que ele escolheu para lidar foi ao chegar em Korvosa e ouvir falar sobre algumas coisas estranhas ele recebe um pedido do clérigo local de auxiliar na ordem da cidade, descobrindo o que está acontecendo nela e porque.

1 Like

Raça: Kobold
Nome: Taran T. Ulla
Classe: Cavalier, Ordem das Escamas. (Arquétipo Vermin Tamer)
Montaria: Aranha Gigante Chamada Athena

Historia: Taran não sonha em ser um dragão. Taran não sonha em ter riquezas. Taran deseja que ele apenas não seja visto como uma praga que inferniza pessoas ao redor de Golarion como os outros de sua raça. Ele deseja ser um herói e ser reconhecido por sua grandeza. E com esse pensamento ele fugiu de sua casa nos esgotos de Vyre e agora vaga pelo mundo, ou parte dele, prendendo criminosos menores, tentando assim provar o valor que ele sempre acreditou ter.

1 Like

Turiel Highguard (humano CB) nasceu em um berço de ouro, numa família de nobres guerreiros, descendente de linhagens antigas de Taldor. Ele treinou para fazer jus ao que era esperado dele e até superar seus antecessores quando foi acometido por uma grave doença aos 17 anos.
Videntes varisianos colocaram a culpa numa antiga maldição, enquanto membros da sua família culpavam as novas raças monstruosas, principalmente de goblins, que eram cada vez mais vistas sendo aceitas pela civilização… Seja como for, os pais de Turiel também o culpavam por ser “fraco” e até mesmo treinavam os filhos mais jovens para o papel de liderança, que provavelmente teriam no lugar do filho mais velho.
Turiel era desprezado e de certa forma conviveu com outros que também tinha a mesma sina na sociedade. A sua saúde cada vez mais se deteriorava, havia pouca ou quase nenhuma esperança a seu sofrimento. Até que foi curado.
A história que Turiel conta é que ele viu a bela Shelyn em um sonho, que lhe ofereceu uma nova vida se a partir de agora jurasse lutar pelos mais oprimidos. E é isso que ele faz com o maior prazer hoje em dia. Pegou o suficiente para mantimentos e reuniu alguns equipamentos, servindo agora como um clérigo viajante espalhando a palavra da sua deusa.

1 Like

Alasolí, ou Olí para os próximos
Gnomo Clérigo (NG) devoto de Sarenrae
Viveu em Korvosa desde que se lembra, porém essa lembrança da infância é permeada de sofrimento, preconceitos pela sua raça, luta pela sobrevivência em meio aos distritos pobres da cidade e ausência da família. Em meio a esse cenário ainda foi sequestrado por um dos criminosos locais para ser usado como entretenimento (com truques de gnomos) e para realizar furtos.
Quando finalmente conseguiu fugir, foi acolhido por um grupo de devotos de Sarenrae até que a própria divindade falou com ele. Agora Olí combate td aquilo pelo que passou para que outros não tenham a mesma experiência e tenta expor essas situações absurdas, que muitas vezes envolve poderosos.

1 Like

Obrigado a todos que participaram
E chamarei o @Xandaslan para participar da mesa, visto que o personagem é o que mais encaixa no perfil que a party precisa e história.

This topic was automatically closed 60 minutes after the last reply. New replies are no longer allowed.