Dungeon - O Senhor

Olá a todos, venho aqui hoje porque quero propor e pedir ajuda sobre essa ideia de sala de Dungeon que tive, ou melhor que peguei de uma das minhas leituras noturnas e converti para D&D 5E (Já que tenho mais familiaridade com esse sistema) o que vou tentar fazer a seguir é descrever da melhor forma possivel essa sala.

Para tal coisa vou separar esse tópico em 4 sessões a primeira sendo a introdução da sala e as outras 3 as fases que os players devem passar para sobreviver.

PS : Recomendo que os players entrem aqui com um grupo de mercenários para servir de exemplo para ajudar a resolver o puzzle, por sinal para todos os efeitos estou considerando as estatuas imunes a qualquer tipo de dano que possa ser causado pelos players no nível atual.

=====================================================================

Introdução

Os players passam pela enorme porta que protege essa camará gigante, ao norte (os players entraram por sul) uma enorme estatua sentada em seu trono de pedra os encara friamente, ao leste e oeste da camará diversas estatuas de cavaleiros estão dispostas carregando as mais diversas armas, toda as estatuas tem pelo menos o tamanho de 3 humanos ou maiores.

Também tem uma estátua de um anjo caído ao lado da porta principal, segurando um tipo de pedaço de pedra como se fossem os 10 mandamentos, porém só possui quatro coisas escritas.

"Somente aqueles que obedecerem as regras poderão sair vivos deste local."

1° Regra : Venere o Senhor

2° Regra : Louve o Senhor

3° Regra : Prove sua fé

Caso passem em teste de percepção poderão perceber que algumas estatuas não são de cavaleiros, mas sim de músicos com os mais diferentes instrumentos.

Assim que todos entram na sala as portas pelas quais passaram se fecham selando totalmente a sala, qualquer pessoa que se aproxima das portas é morta instantaneamente pela estatua de guerreiro mais proxima. (Para tal use os mercenários como exemplo, faça um deles correr e tocar a porta desesperado e ser morto.)

=====================================================================

1° Venere o Senhor

A primeira parte desse Puzzle consiste basicamente em que a estatua principal sentada no trono de pedra irá atacar toda a área a sua frente com um laser que sai de seus olhos, matando todos que estiverem acima de uma determinada altura, todos os players que forem atingidos podem morrer automaticamente ou caso não seja o objetivo mata-los, apenas de uma quantidade de dano massivo para mostra-los que não se deve enfrentar tal coisa.

Novamente caso necessário use os mercenários como exemplo, faça alguns deles se levantar e morrer instantaneamente

Se preferir também pode permitir um teste de intuição para que os players percebam a area e altura de ataque máximo da estátua principal, dando a ideia que caso fiquem abaixados ou Ajoelhados irão evitar totalmente o dano.

PS : Para todos os efeitos as estatuas de guerreiros não se movem neste momento e somente atacam quem se aproxima delas, porém a sala é grande o suficiente para que eles fiquem no meio dela sem serem atingidos por nenhuma delas.

Caso os players se ajoelhem (que é o que devem fazer) a estatua abre um sorriso macabro e finalmente se levanta em direção aos players para ataca-los, porém é extremamente lerda o que dará um bom tempo para os players pensar no que devem fazer. (Todos os players atacados ou mercenários podem morrer ou tomar muito dano, o que preferir para mostrar o quão perigoso o monstro pode ser.)

=====================================================================

2° Louve ao Senhor

Neste estágio os players já devem estar com a estatua principal (O senhor) indo em direção a eles para mata-los, provavelmente nesse ponto se forem espertos eles pensaram em fugir, porém todas as saídas estão trancadas e todos que se aproximam das estatuas aos lados (os guerreiros) são atacados.

Porém isto não foi feito para mata-los existe claramente uma saída que deve ser pensada nesse momento critico.

_Caso os players pensem um pouco, tudo que precisam fazer é Louvar o senhor. Então devem cantar uma música para a estatua? Obvio que não! porém caso seja necessário faça novamente um mercenário falar algo do tipo "Eu era um sacerdote, então não tem ninguém melhor que eu para louvar" ele então se aproxima do Senhor (Que fica parado e não ataca toda vez que os players tentarem algo diretamente com ele) e começa a cantar, porém como essa não é a resposta, no meio da cantoria o Senhor apenas levanta o pé e esmaga ele sobre sua sola, como uma barata.

Nesse momento todos os mercenarios começam a correr em todas as direções para fugir do senhor

Se permitir pode narrar e pedir um teste de percepção, para que os players percebam que nem todos os mercenários que saíram correndo foram atacados, alguns deles que se aproximaram das estatuas com instrumentos estão vivos e as mesmas começaram a tocar

Nesse ponto eles devem ter entendido o que significa louvar o senhor e devem se aproximar de todas as estatuas que tocam instrumentos para se salvar (isso com o Senhor atrás da bunda deles) porém existe também uma regra, somente uma pessoa pode ficar abaixo de cada estatua com instrumento para que ela toque, então faça questão de deixar um numero um pouco maior que o número de players, afinal deve deixar alguns mercenários vivos para o Gran Finale.

Assim que todas as estatuas tocarem o terceiro estágio começa.

=====================================================================

3° Prove sua Fé

Nesse estágio os players estão seriamente encrencados, um gênero de altar de sacrifício sobe no centro da sala e todas as estatuas param de se mover e atacar, porém o local continua trancado.

Nesse momento todos devem ir em direção ao altar, se os players pensarem que precisa de um sacrifício apenas deixe qualquer mercenário ou player ir, eles não correm perigo de vida afinal.

Assim que o primeiro subir, uma chama flutuante aparece em volta do altar, e a cada um adicionado o número de chamas aumenta igualmente. Assim que todos subirem chamas azuis aparecem em volta do altar junto das vermelhas e a porta principal a da saída se abre novamente. Porém é agora que começamos nosso jogo!

A cada X Tempo que você decidir uma chama azul desaparece como um contador, os players devem aguentar até o final.

Nesse ponto todas as estatuas começam a se mover em direção ao altar, porém elas funcionam como os fantasmas do Mário e apenas se movem quando ninguém olha para elas, logo os players devem ficar encarando elas tempo o suficiente para que todas as chamas azuis se apaguem, porém para esse caso especifico faça a seguinte cena :

Um dos mercenários louco querendo sobreviver, sai correndo e passa pela porta principal (esse sobreviveu) no instante que ele sai do altar uma chama vermelha se apaga.

Agora vocês devem estar pensando, então, eles podem simplesmente sair?! Acha que eu seria tão amigável? Caso não sobre pelo menos uma pessoa no altar, todas as estatuas e o lorde matam imediatamente todos os fugitivos. Entendeu agora?

Então aqui é o nosso jogo, eles devem resistir a tentação da fuga, porém se decidirem fugir devem ter em mente que um deles irá ficar para trás. Nesse ponto não deve ter mais nenhum mercenário e somente os players no altar olhando as estatuas

Caso eles sobrevivam até o final e o tempo acabe, meus parabéns, as estatuas todas racham e quebram no ar, e o altar se abre com um baú no centro que pode ter Oque você quiser.

A partir daí é tudo com você, para continuar algo que planejou ou acabar sessão.

=====================================================================

É aqui estamos, obrigado por ler e espero que tenha gostado, se tiver sugestões basta responder o tópico e ser feliz! Se gostou da sala e quer coloca-la em uma de suas masmorras, fique à vontade para fazer como quiser :heart:

tumblr_magbyzvxgZ1qb4nrgo1_500

Bjs e Abraços <3

3 Likes

@Victor isso parece tutorial do jogo. Eu particularmente detesto jogo neste ponto. Sugestão então:

“O Anjo de olhos vendados parece tirânico. Ele tem o braço direito em direção ao teto da estrutura e o outro para as 4 crianças ali dispostas aos seus pés.
A primeira delas está ajoelhada orando.
A segunda também de joelhos oferta um brinquedo
A terceira se erguendo enquanto chamas cobrem seu corpo.”

Isso é coisa de mestre preguiçoso, ainda mais no D&D. “Não quero que eles corram daqui, então se fizerem… morrem. E se fizerem… morrem.” É castrativo isso.
Motivação é mais forte que castração. “O lugar se fecha, e a maldição sobre a vila se acentua. Por mais fechado que o lugar esteja, os gritos dos comuns é audível para todos. As pessoas sofrem…”

No WoW tem uma conquista assim e obviamente complexa para fazer pois exige sincronia. os jogadores devem ajoelhar no momento exato, a medida que vão se aproximando do Boss. Ou tomam uma rajada de chamas e perdem a conquista. Qual o ponto? Puzzles devem ser realizados para liberação da próxima fase, ou seja: do que adianta só ajoelhar? Aqui é a fase de posicionamento, onde além de levá-los a ajoelhar, eles tem que se movimentar para pontos certos, o que os levaria a “prever” ou se ferrar na fase 2!

Com a sugestão anterior, é possível sem os mercenários a sequencia ser descoberta com a perda de interesse caso algum deles esteja perto de algum musicista.

Mais preguiça!!!

1 Like

Então o intuito de quando imaginei foi ser como um tutorial, para mostrar que nem tudo se resolve na porrada fora ser simples o suficiente para caber em uma unica sala, eu fiquei com medo de tornar algo muito complexo e acabar fazendo algo extremamente longo e acabei cortando muita coisa.

1 Like

Entendi. Eu sugiro então mecânica tipo Beholder: Aproximar das estátuas faz elas lançarem raios como o Beholder. Atacar elas teriam um CA 12, Resistência a dano exceto adamante e mágicas, imunidade a condições.

Tem uma aventura da 4e chamada “Keep on the Shadowfell” (“Fortaleza no Pendor das Sombras” em pt) em que um dos níveis da masmorra tem uma série de enigmas semelhantes. Não parecem mortais logo de cara, mas conforme a afobação aumenta os riscos ficam maiores, ainda mais se o grupo se separa. É uma boa fonte de inspiração e para quem já tem contato com a 5e a conversão de dano/CDs de resistência é bem tranquila. Vale a pena conferir.

PS: a aventura em si não é nada além de ok.

1 Like