Cauda de fogo

Uma cartaz na parede lhe chama a atenção, ele diz “procurasse aventureiros na guilda Cauda de fogo, nos não ligamos o porquê você veio pra cá.”

Opa (pq eu sempre começo meus tópicos com “opa”?) abrindo aqui vagas para minha mesa Cauda de fogo da sexta as 15:00, e uma nova no domingo as 16:30, a de sexta tem de 3 a 4 vagas (vale constar que já esta em andamento) e a de domingo tem 5 a 6 vagas

Sistema: Dungeons-and-dragons 5E
Plataforma: roll20
Data/Horário: Sexta 15:00/domingo 16:30
Periodicidade: semanal
Número de vagas disponíveis: sexta 3 a 4/domingo 5 a 6
História/Adventure Hook: por que você quer entrar nessa guilda? ela e extremamente influente em todos os quesitos (mas obvio, apenas se você for de alto level nela!)
Critérios de Seleção: priorizarei as historias com maior profundidade, visto que eu sempre utilizo ela mais tarde em algum momento

(PS: Não esperem nada sobre fairy tail, e serio, você vai se decepcionar)

4 Likes

Cara, tenho vontade de participar da mesa de domingo pois de sexto já a tenho uma na sexta,posso participar?

Opa, beleza?! Me interesso na mesa de sexta-feira e queria testar minha ideia de tiefling necromante que luta pelo fim do preconceito e discriminação.
No caso o Hook dele seria entrar na guild para conseguir aliados e enfrentar o Marilith enquanto ele trabalha em mudar a imagem da necromancia.

Raça: Humano
Classe: Guerreiro (dependendo da party pode usar duas armas/escudo/armas grandes)
Quer entrar na guilda pois: apenas procura um propósito para viver (ou aguarda que morra por algo útil, já que a morte o libertaria do sofrimento)

Background:
Nofir é o sucessor do governante de um pequeno povoado, que teve uma vida fútil e sem propósito como o resto dos nobres da região, cresceu entre ricos e a fartura, treinava todo dia música e técnicas de combate com um professor contratado por seu pai, até que, como único sucessor de seu pai quando a morte chegou, se tornou o novo governante, casou – se e teve uma filha que seria conforme a tradição, sua herdeira.

Reinava com um pulso firme sobre a cidade que havia crescido nestes 30 anos. Como a cidade estava crescendo muito rápido, atraiu a atenção de reinos maiores que se sentiram ameaçados com o possível tirano em ascensão perto de suas fronteiras, que ordenaram espiões matar a “família real” de uma forma discreta, com uma doença contraída da extração do líquido de uma planta que ao ingerida deteriora o corpo, porém, não é contagiosa, apenas afetando aqueles que entraram em contato com a substância. Logo foi espalhada a notícia “falsa” sobre a recente doença da família real, simbolizando que os deuses castigaram a família por sua maneira de governar.

Sua esposa e filha pereceram, porém Nofir com a ajuda de vários alquimistas e herbalistas sobreviveu, mas seu corpo se tornou mais fraco e continuou visualmente deteriorado e marcado, com a exceção de sua boca e mandíbula que permanecem normais.

Como uma “aberração castigada”, segundo o povo, ele não era digno de governar e foi deposto e exilado.

Agora ele vaga por reinos com seu corpo coberto por faixas e panos e usa uma máscara que aparece apenas a boca para esconder sua nova aparência.

Nome: Stercore
Raça: Humano
Classe: Ranger - Beast Master
Antecedente: Órfão

Quer entra na guilda pois: Precisa de
proteção, fez muita merda.

Background:

Stercore é filho único de uma família de médicos, perdeu seus país ainda muito novo, não tendo pra onde ir aprendeu a cuidar de si mesmo muito novo e nunca se acostumou com os orfanatos da pequena cidade onde nasceu, como sempre era pego na rua, surrado e levado para o próximo orfanato, descobriu que a floresta é um ótimo lugar para se esconder, depois que aprendeu a sobreviver lá.

Stercore nunca gostou dos humanoides e preferia as bestas, por conta dos traumas de infância e de uma vida dura de lutas diárias para sobreviver Stercore se tornou um verdadeiro medroso, sempre desconfiado e cauteloso de tudo a sua volta.

Stercore se viu a beira da morte muitas vezes, mas a mais chocante foi quando conheceu seu melhor e maior companheiro, pump o filhote de urso negro, companheiro esse que não sai do seu lado e que juntos aprenderam a sobreviver e viver.

Muito tempo se passou e a vida tava boa, até o universo resolver que eu não mereço paz, já não bastava a confusão que eu fiz com os mercadores locais, o dinheiro que eu devo pro bordel local e os monstros bastardos que querem me comer, agora eu tenho que me preocupar com aqueles caras barra pesada, eu não disse nada de mais né pump, só que você não tá a venda e que eu não queria entrar no grupo deles… Acho que estamos ferrados, vamos nos esconder e depois pensar em algo… Sei lá, pode ser que precisamos dar o braço a torcer e entrar numa guilda, uma boa que de preferência protege os novatos, né não !

Quero participar a de domingo :wink:

Gostaria de conhecer a mesa. Atualmente posso jogar em qualquer dia e horário.
Como posso entrar para conhecer a mesa?