Call of Cthulhu: Dephts of Madness

Opa olá a todos

Eu The Great Clovis,estarei criando e abrindo uma sessão de Call Of Cthulhu que ira ocorre nas próximas semanas.

Esta mesa se consiste no gênero de terror (mais precisamente no terror psicológico),e grande parte no Roleplay dos personagens e da mesma forma que os outros mestres fizeram com a Tomb of Annihilation: Edição Especial e Tirania de Dragões, farei uma seleção dos jogadores com as melhores ideias para suas personagens.

Ao se inscrever, informe sua experiência com RPG em geral e especificamente com o Call of Cthulhu Fast Play 7e , além de sua ideia de personagem , incluindo:

  • Nome e Idade
  • Ocupação/Profissão
  • Background (história) IMPORTANTE!
  • Personalidade
  • Afiliações/Conhecidos
  • Religião
  • Informações que queira adicionar
  • Adventure Hook : seja boa ou ruim, qual a motivação (e a história por trás disso) da sua personagem em virar um investigador e tentar ir afundo nos mistérios sobrenaturais do mundo MAIS IMPORTANTE!!!

▬ Título:Dephts of Madness/Profundezas da Loucura
▬ Sistema: Call of Cthulhu Fast Play 7e
▬ Plataforma: Discord, Roll20
▬ Requisitos: Faixa Etária, Microfone
▬ Data/Horário: Sábado 16h00 as 20h40
▬ Duração: Campanha
▬ Vagas: nº4 ou 5
▬ Descrição: Em meados da 2 guerra mundial, tristeza e destruição andam lado a lado como irmãs. Os exércitos nazista estão conquistando agora boa parte da Europa,e a caçada contra os povos judaicos nunca foi tão forte. Com toda fome,odeio e tantas outras desgraças, o mundo atual virou palco do caos pela segunda vez em 21 anos, mas diferente da primeira grande guerra, esta liberou um força sobrenatural; Animais endoidaram,mudanças climáticas ,pessoas começaram a desaparecer e a enlouquecer,relatos de feras sobrenaturais e seres sem face. Tudo na medida do fim mundial.
▬ Imagem

1 Like

Hey There!

Tenho 2 anos de experiência com sistemas mais conhecidos de RPG, mas nenhuma experiência com o sistema que será usado nesta aventura.

  • Nome e Idade:

Willian Standford / 28 anos

  • Ocupação / Profissão:

Reporter & Investigador Paranormal

  • Background (história):

Londres, 18 de Agosto de 1937. Delegacia de Polícia do bairro de West Ham:

[,] Na sala de interrogatório, 2 investigadores da polícia junto com uma escrivã interrogam um jovem estudante de jornalismo:

- Eu nâo sou louco… Diz o estudante, em um tom meio abalado…

- Sr. Willian Standford, por favor, foque na pergunta feita. Pergunta um dos policiais ao estudante, de forma calma mas firme

- Eu não sou louco… Repete Willian, na mesma tonalidade anterior

- Sr. Willian Standford, responda a pergunta feita à você, por favor! Insisti o investigador

- Eu… Nâo… Sou… Louco… Fala Willian em um tom irritado

- STANDFORD! Como você pode dizer em seu depoimento que sua irmã se esfaqueou até a morte? Pior, que ela se alto mutilou com mais de 23 facadas? E você ainda tem a cara de pau de falar que ela estava possuída pelo “mal”? Nâo seja ridículo! Conte nos o que de fato ocorreu nesta noite… Fala de forma irritada e intimidadora o outro investigador, que até entâo apenas observava a situação

Willian Standford, apenas abaixa a cabeça… Como se não tivesse argumentos para o que aquele homem questionava…

- Willian Stanford, nos responda por favor… Como sua irmã foi morta de fato na noite de hoje em sua residência? Fala de forma mais mansa o investigador que conduzia inicialmente o interrogatório…

- Eu já disse… Ela veio a minha casa desesperada, falando que estava sendo perseguida por aquilo que ela pesquisou a sua vida e agora queria esquecer, mas disse que era tarde demais… Ela estava em choque, um estado de desespero que eu nunca tinha visto ela… Eu fui na cozinha buscar um copo de água com açúcar para acalmá-la, mas quando eu voltei a minha sala, ela estava sem rosto com uma faca em punhos, falando coisas não compreensíveis antes de começar a se esfaquear em minha sala… Diz Willian, de forma clara e calma, tentando mostrar sentindo e clareza em suas palavras, tentando dar credibilidade naquilo que nem ele acreditava que presenciara…

- PARE COM ESSAS LOUCURAS! Grita o segundo investigador, batendo violentamente uma das mãos na mesa, tentando intimidar novamente o jovem estudante

- EU NÃO SOU LOUCO! EU SEI O QUE VI! Grita em resposta Willian, se levantando da cadeira

Os dois investigadores colocam as mãos em suas pistolas, vendo a postura agressiva do interrogado… Aqueles três ficaram alguns segundos se encarando…

- Eu não sou louco… Eu não sou… Repete novamente Willian…

Naquela noite… A morte de Lilian Standford foi registrada como acidente doméstico e qualquer envolvimento de seu irmão da sua morte não foi citado de forma oficial, talvez pelo fato dos Stanfords serem uma das famílias de alta classe de Londres que provavelmente subornaram as autoridades para abafarem tal caso […]

Willian Standford é um reporter investigativo paranormal… Oriundo de uma família de alta classe de Londres, Willian sempre teve uma vida boa, com poucas preocupações… Quando questionados por seus pais qual carreira seguiria para o futuro, o mesmo decidiu seguir a carreira jornalística! Pensava que sua família sempre o sustentaria, logo não precisava fazer cursos superiores mais complicados como direito ou medicina, e também não pegaria algum curso que ele considerava inútil, como sua irmã Lilian Standford que decidiu ser uma historiadora.

Willian Standord tinha uma vida boa e fácil… Até o fatídico dia em que sua irmã se matou em seu apartamento… Agora para provar sua sanidade e entender o que sua irmã estava estudando que a levou aquela situação, Willian Standford esta disposto e determinado a investigar os estudos de sua irmã e divulgá-los para o mundo!

  • Personalidade:

Willian Standford é um cara cético, mas que se tornou mais aberto a idéias absurdas desde o acontecimento de sua irmã, mesmo assim ele evitará demonstrar que concorda com situações inexplicáveis, tentando achar uma resposta científica e plausível para tais situações. Ademais, visto a educação que recebeu e por ser um repórter, ele consegue adequar seu linguajar rapidamente com a pessoa com quem fala, conseguindo até mesmo se passar como um espião.

  • Afiliações/Conhecidos:

The Daily Express, principal jornal de Londres, responsável pela cobertura da guerra. Como membro de tal jornal, Willian Standford possui credencial de diplomata para circular pela Europa, até mesmo a parte dominada pela Alemanha Nazista.

  • Religião:

Católico não praticante

  • Informações que queira adicionar:

Willian trabalha como reporter em Londres, ao mesmo tempo que investiga o passado de sua irmã… Por esta razão, ele possui todas as anotações e material de sua irmã (mas devido a grande quantidade de papel e falta de nexo) ele não conseguiu lê tudo ou decifrar todo seu conteúdo.

  • Adventure Hook:

Willian Standford quer saber o que levou sua irmã a loucura, mas também quer provar ao mundo que não é louco.

1 Like
  • Nome e Idade: Jean Gauthier, 25 anos
  • Ocupação/Profissão: Soldado francês/Atleta olímpico (Corrida de Obstáculos)
  • Background: Considerado um prodígio e estrela em ascensão do atletismo europeu, Jean quase teve seu sonho encerrado prematuramente nas Olimpíadas de 1936, na Alemanha. Com o recuo no boicote dos países Aliados, Gauthier pode provar seu valor na competição segregadora, voltando pra casa com uma medalha de ouro e uma de bronze. Mas três anos depois, trocou os tênis pelos coturnos para defender seu país que entraria mais uma vez em um conflito colossal.
  • Personalidade: Confiante, inspirador e autruísta
  • Afiliações/Conhecidos: Sua esposa Margot Pierre Gauthier e os poucos amigos sobreviventes do 6º Regimento do Exército Francês
  • Religião: Católica Romana
  • Adicionais: Jean é negro
  • Adventure Hook : As irmãs Agnez e Cateline contavam histórias nos acampamentos da enfermaria do front. Histórias de homens enlouquecidos, com visões de demônios alados, de homens que estriparam um batalhão inteiro com as mãos cruas, entre outras que faziam os soldados dormirem ainda pior. A maioria das pessoas diz que é balela de igreja, criadas para amedrontar os pagãos. Jean também achava, até presenciar um soldado alemão escalar paredes e matar um soldado inglês com os dentes.

Olá a todos,

Com RPG em geral tenho uma experiencia de mais ou menos 4 anos, já quando se trata de call of cthulhu eu conheço o sistema a um periodo de 2 anos, sendo por sinal meu sistema favorito oque também inclui que conheço as versões mais recentes do sistema, como a 7e.

  • Nome e Idade ;

Henry Fillianstore. / 29 anos

  • Ocupação/Profissão;

Medico.

  • Background

Henry nasceu em uma familia rica comum do norte da Inglaterra, desde a infancia teve otimos professores e fora muito bem educado, cresceu sendo criado principalmente pela mãe já que seu pai normalmente viaja a negocios muito frequentemente. E no ano 1934 quando finalmente havia se formado em medicina , recebeu a tragica noticia sua mãe havia morrido diante de estranhas situações, fora dito por todos que um dia ela estava bem e no outro parecia um defundo até que por fim caio como um. Henry obviamente correu para sua cidade natal, somente para ver ela sendo devastada por uma peste, que matava as pessoas rapidamente, em questão de dias ou até mesmo horas.
Rapidamente sem esperar muito mais começou a investigar, afinal ele não podia ficar parado enquanto é medico sendo que sua cidade estaria sendo supostamente assolada por uma Peste! “Eu vou resolver o problema” Disse ele confiante, todavia isto não durou muito, não importando quantas noites passou sem dormir ele não achou uma cura , e a montanha de corpos continuava crescendo…
Todavia, quando suas esperaças estavam começando a falhar, ele achou, um livro estranho, negro com anotações um tanto quanto confusas ,ao ler ele descobriu a terrivel verdade,a sua cidade não havia sido afetada por uma doença nova e completamente impossivel de ser curada, mas na verdade tinha sido usada como sacrifio ao liberarem uma terrivel maldição sobre ela. “Finalmente uma luz no fim do tunel” disse ele, mal sabia que mesmo tendo libertado sua cidade da maldição depois de meses estudando o livro e aprendendo tecnicas para reverter isto, ele havia vendido a propria alma para entrar neste mundo cruel, onde com o tempo ele aprendeu , que todas as criaturas que ele temia quando criança e mesmo as que sequer imaginava , existem! . Já sobre seu pai? nunca mais se ouviu falar dele, rumores dizem que antes de toda a praga começar, ele havia passado pela cidade mas no fim, muitos pensaram que assim como varios outros, ele havia morrido.

  • Personalidade

Henry é um homem calmo, totalmente impassivel de algumas coisas, todavia em seu interno ele ainda sente algum temor sobre as coisas que agora ele pesquisa e caça, afinal o motivo de estar em tudo isso é porque deseja encontrar seu pai e também impedir que oque aconteceu em sua cidade se repita em diversas outras. No fim é um homem com coração puro, incapaz de ver pessoas usando esse poder negro para causar o mal.

  • Afiliações/Conhecidos

Henry como herdeiro de uma grande fortuna é extremamente rico, afinal ele é dono de uma das maiores empresas no ramo de alimentos , FillianStore é conhecida em todo o mundo como uma das melhores empresas alimenticias, apesar de que seu atual dono ser meio misterioro e raramente aparecer. Fora isso Henry conhece diversos medicos cirurgiões famosos, muitos dos quais fizeram muitas pesquisas uteis para salvar a vida dos soldados na primeira grande guerra.

  • Religião

Henry não é descrente, todavia desde que começou sua jornada para o obscuro ele tende a cada vez mais perder sua fé , ou qualquer uma que ainda restasse , porém talvez como salvação para sua propria mente, ele tenta manter a fé em um poder superior que pode salva-lo destas coisas.

  • Adventure Hook

Henry como já dito em seu background perdeu a mãe , a pessoa com quem mais tinha afeto morreu devido a uma maldição cruel do obscuro, assim como viu sua cidade, amigos e familiares serem consumidos por ela, só isso já era capaz de leva-lo ao odio profundo a isso e a caçar qualquer um que possa usar esse poder para mal, porém ao descobrir que seu pai havia passado em sua cidade pouco antes e a ideia de que ele possa ter algo haver, foi o limite, ter seu proprio pai envolvido nisto o levou a cair de cabeça na pesquisa sobre o obscuro.

  • Nome e Idade

Ezekiel Stern / 21 anos

  • Ocupação/Profissão

Engenheiro.

  • Background

Ezekiel nasceu em Israel, porem passou a maior parte de sua infância na Polônia. Na escola sempre foi um aluno atencioso e inteligente. Foi criado pelos seus pais judeus, o qual lhe ensinaram todo o princípio judeu e as leis de Moisés, me ensinaram a ser uma pessoa com orgulho, honra e lealdade para com a sociedade.
Em 1939, aos seus 17 anos, a Polônia foi invadida pelos alemães e começou-se a perseguição aos judeus pelos nazistas. Durante uma noite, tropas invadiram minha casa, pouco antes deles entrarem, meu pai escondeu a mim e minha irmã Lela, de 10 anos, no porão, Ezekiel apenas ouviu tiros na parte de cima da casa e alemães revistando a casa, por sorte consegui deixar minha irmã calma para que eles não nos encontrassem.
Depois de 2 dias sai de lá e fui encontrado por uma escolta inglesa, o qual nos levou para a Inglaterra e aprendi a língua local e cursei faculdade de Engenharia e Matemática em Oxford.

  • Personalidade

Pessoa honesta, leal, carismática, curiosa e autodidata.

  • Afiliações/Conhecidos

Minha irmã Lela que mora comigo, ela hoje tem 14 anos, alguns soldados que me resgataram na Polônia, mestres e doutores da Universidade de Oxford e parentes que ainda residem em Israel.

  • Religião

Judeu

  • Adventure Hook

Após concluir sua faculdade, Ezekiel teve muitos méritos e entrou num projeto secreto do governo inglês que decodificava a criptografia da máquina alemã chamada Enigma por uma máquina inventada pelo líder do projeto Alan Turing. A desencriptação era feita com enorme sucesso, mas algumas mensagens eram estranhas, soldados alemães falavam de monstros que dizimavam tropas, pessoas que sumiam em plena luz do dia, mensagens com sons estranhos ao fundo como se fosse uma linguagem desconhecida. A partir disso, pediram para que fôssemos vasculhar esses estranhos acontecimentos, apenas eu me candidatei a ir, todos estavam com medo de ir, porem estava curioso pra saber do que se tratava, e assim parti em busca de solucionar esse mistério.

•Nome: Lúcio Grevis /50 anos
•Profissão:Padre(exorcista)
•Blackground: Quando tinha 5 anos acontecimentos sobrenaturais acabaram com a vida de sua família , seu pai morreu de uma maneira horrível sua mãe ficou louca depois a sua tia pegou sua guarda ela o maltratava fazia ele trabalhar até desmaiar e o chamava de filho do demônio ele viveu sua vida assim até os 12 quando os acontecimentos sobrenaturais voltaram a acontecer mas desta vez o demônio apareceu para ele com coragem ele tentou enfrentar o demônio como pode mas foi em vão por um milagre um padre chegou e exorcisou o demônio querendo ser mais do que um menino com medo ele pediu para acompanhar o padre este o mostro o caminho para se tornar um padre seu guia o mostro que não é só exorcisar mas sim proteger as pessoas e guia-las com isso como seu lema ele se tornou o padre mais confiável da igreja
Personalidade: bom, cério, justo e calmo menos quendo falam mal de sua fé que este a põe afrente de sua própria vida
•Afiliações/conhecidos: padre Lucas (seu mentor) e a igreja
•Religião: católico carismático(católico que acredita nas “leis dos espíritos” sua existência e seus problemas)
•Informação adicional:
De tanto tempo atuando como padre ele percebeu que o ser humano se tornou mal e cruel então ele começou a se proteger dos demônios e dos homens adquirido um revólver que sem pre leva com sigo
Ele sempre leva seus pertences de exorcismo com ele (água benta, bíblia,Cruz e outros ) como também seu revólver
Ele não precisa de autorização para fazer exorcismo
•Adventure Hook: Ele toma como dever projetar a humanidade dos demônios e dele mesma então todo evento sobrenatural que ele ouve falar ele investiga

Joguei RPG em 2014 como jogador e desde 2017 como mestre. Em relação a Call of Cthulhu, joguei somente uma aventura do gênero como jogador, sem conhecer muito o sistema (e continuo sem conhecer kkk). De qualquer forma:

James Randi nasceu em 1905 em Toronto, no Canadá. Membro de uma família católica e bastante religiosa, ele cresceu sendo educado da existência do bem e do mal, do céu e do inferno, dentre as suas ramificações. Apesar de ter participado da catequese, completado os estudos religiosos, Randi secretamente nunca acreditou em tais “entidades” e sempre foi um cético.

Durante sua adolescência, ele sofreu um acidente de carro que supostamente o deixara paraplégico. Convocados pelos seus pais, médicos e especialistas de todo o país analisaram o seu caso, sempre concluindo a mesma coisa: ele jamais seria capaz de andar novamente. Como não restava muito mais o que fazer durante sua reabilitação, James voltou sua atenção à leitura, encontrando um interesse peculiar em livros de ilusionismo, escapismo e “mágica”. Ele começou a praticar pequenos truques e ilusões, sempre entretendo enfermeiros, fisioterapeutas e a sua própria família com o que aprendia. Ele acabou percebendo que tinha um talento para isso e decidiu que quando saísse daquela cama, iria seguir a carreira de ilusionista. Durante os 13 meses entediantes de sua recuperação, Randi não apresentava mais nada além de uma constante melhora. Contrariando a todos, ele eventualmente se recuperou e conseguiu voltar a andar, sem nenhum tipo de sequela. Obviamente, sua família atribuía o acontecido como um “milagre” ou “intervenção divina”, mas, se identificando como ateu, para Randi isso não passava de pura sorte ou simplesmente acaso.

Ao entrar na vida adulta, James foi aperfeiçoando suas habilidades, aprendendo novos truques, números de palco, etc. Nos seus vinte anos, ele já era um mágico de palco profissional e escapista, criando fama de cidade em cidade em suas apresentações. Em um de seus números mundialmente conhecidos transmitidos na televisão, Randi escapou de um caixão de metal submerso numa piscina após um total de 104 minutos, quebrando o recorde de Harry Houdini, de 93 minutos. Cada vez mais famoso (e rico), James foi viajando pelo mundo criando novos números e apresentando os mais famosos, desde simples truques de cartas e façanhas de palco, até dobrar objetos com a mente e escapar da morte. Trabalhando com outros ilusionistas famosos como o próprio Harry Houdini, Harry Blackstone, Howard Thurston e Dai Vernon, não era incomum ele fazer essas apresentações em grupo, ou como convidado em shows de TV. Sempre cativante e brincalhão, ele conquistava as pessoas e prendia a atenção delas muito facilmente, o que facilitava nas apresentações.

Apesar dele “enganar” pessoas para ganhar a vida, ele nunca escondeu isso de ninguém e sempre deixou claro e anunciou que todas as suas apresentações não passavam de truques. As pessoas ainda assim ficavam curiosas sobre como ele desempenhava tais truques, os quais ele nunca revelava, apesar de admitir que não passavam disso. Afinal de contas, “um bom mágico nunca revela os seus truques”, ele dizia. No entanto, ao viajar pelo mundo, Randi não pôde deixar de conhecer pessoas mal intencionadas, que exploraram os mesmos truques para realmente enganar pessoas a acreditar que eram na verdade poderes sobrenaturais, como falar com os mortos, telecinesia, e por aí vai… “Profissionais” que se passavam por psíquicos e médiuns para tirar vantagens de pessoas emocional e financeiramente vulneráveis. Randi nunca acreditou no sobrenatural e sabendo como as pessoas podem ser “enganadas” e manipuladas muito facilmente, ele se empenhou em desmascarar esses “charlatões”, termo que ele mesmo usava ao descreve-los. É neste ponto de sua vida que ele também se dedica a expor essas pessoas e provar cientificamente que ninguém tem poderes sobrenaturais.

Com sua fortuna acumulada, há 5 anos atrás, James fundou a James Randi Educational Foundation (JREF), com a premissa de oferecer 1 milhão de dólares a qualquer um que fosse capaz de demonstrar poderes ou feitos sobrenaturais sob condições de observação cientificamente adequadas. Até o momento, ninguém conseguiu reivindicar o prêmio. Muitos foram desmascarados e “humilhados” pública e mundialmente, o que diminuiu o interesse de todos pelo mundo. Agora também conhecido como debunker, Randi anuncia para o mundo:

Olá, meu nome é James Randi. Você talvez me conheça como O Incrível Randi, porque eu sou um mágico. Mas o termo “mágico” não é correto. Eu sou na verdade um ilusionista. Isso porque não é possível fazer mágica de verdade, mas é possível reproduzi-la tão perfeitamente que você nunca saberia a diferença. E isso é o que eu faço profissionalmente. Mas se você acredita que é realmente um mágico e se auto-proclama de tal maneira, eu lhe ofereço a quantia de 1 milhão de dólares em barras de ouro (que valem mais do que dinheiro) para me convencer.

Hoje com 35 anos, James não atua tanto como ilusionista, mas sim como debunker, já que ele acredita que trará algo melhor para este mundo dedicando sua vida a desmascarar charlatões e evitar que mais pessoas tenham suas vidas destruídas. Além de seu programa de televisão e a JREF, ele dá palestras informativas sobre os cuidados a serem tomados com esses tipos de pessoas. É durante uma destas palestras que um dos ouvintes o questiona sobre todos os acontecimentos durante a guerra que se passava. Ele relatava que além dos horrores da guerra, animais estavam se comportando de forma estranha, mudanças climáticas bastante incomuns, desaparecimento de pessoas a centenas de quilômetros de distância de qualquer sinal de conflito de guerra, aumento no número de casos de doenças mentais, relatos de feras “sobrenaturais” e seres sem face atacando pelas cidades… O ouvinte não parava. James apenas respondeu que este é o preço a se pagar pela guerra. Dentro destas circunstâncias, as pessoas encontram formas de lidar com tanta desgraça de diferentes maneiras, e que todas essas histórias e relatos não passam disso. Apesar de continuar aquela palestra sem outras interrupções, Randi se deparou com esses tipos de perguntas muito específicas mais do que ele gostava de admitir. Era em praticamente todas as palestras agora que ele tinha de tocar neste assunto. Até mesmo em seu show de TV isso foi levantado como questão. Agora impaciente, ele finalmente percebe que este é o seu próximo projeto: desmascarar cientificamente e expor o que estiver por trás de todos esses relatos e histórias sem embasamento.

Inscrição feita por @RayRed7#0796 e mandada em meu privado (Talvez eu não tenha conseguido copiar inteiro)

• Nome e Idade:
Miller Redfield,20 Anos

• Ocupação / Profissão:
Segundo-Cabo (LCpl) Fuzileiro da marinha americana

• Background (história):
Logo após a entrada dos Estados Unidos na segunda grande guerra Miller Redfield um jovem fuzileiro da marinha americana foi enviado com um pequeno grupo a uma ilha no pacifico para a retirada de um cientista japonês que poderia ter informações vitais para a guerra.
A missão não saiu como esperado Miller foi um dos poucos sobreviventes, o destino da operação foi ocultado, todos os registros foram destruídos e a operação se tornou um mito.

• Personalidade:
Extremamente Nacionalista e orgulhoso, sendo totalmente leal a sua missão e aos ideais de seu país.

• Afiliações/Conhecidos:
3° pelotão do Corpo de fuzileiros da marinha dos Estados Unidos /Sua noiva Rose e outros militares da marinha americana.

• Religião:
Miller se considera um cético religioso, não acreditando em nada que não possa ver ou tocar com as próprias mãos, nem mesmo o fato de ter sido um dos únicos sobreviventes de uma trágica missão o fez mudar de opinião sobre o sobrenatural.

• Informações que queira adicionar:
Miller recentemente ficou noivo de uma jovem com a mesma idade que ele, mas isso não impediu de se voluntariar para mais missões.

• Adventure Hook:
Miller Redfield apesar de jovem já teve experiências o suficiente para ser recomendado a promoção de sargento, alem de se mostrar um bom soldado, habilidoso e fiel aos ideais de seu país, seus superiores já não esperavam mais que ele se voluntariasse para novas missões, alem de ter noivado a pouco mais de 1 ano ele já mostrou seu valor em combate e não precisava retornar a esse tipo de ação,mas Miller almeja a gloria de seu país a cima de tudo,ate mesmo de sua vida, entende que os tempos são difíceis e que soldados com sua experiência em combate estão cada vez mais sendo postos a prova e a maioria sucumbindo a guerra, Miller não tem a pretensão de ser um herói ,muito menos de ser um salvador e libertador apenas ira cumprir as ordens que tragam a honra e a gloria a seu amado país.

Hear ye hear ye*!
Gostaria de informar que as inscrições foram encerradas e as vagas foram preenchidas. Muito obrigado pelo interesse de todos. A participação de vocês é muito importante e mesmo que você não tenha sido selecionado, pode ter certeza de que terá outra oportunidade! Basta ficar de olho em #mesas. :anismart: Quanto aos jogadores selecionados, gostaria de parabenizar: @Case , @Chronus , @RayRed7, @Nemesis, @Victor
A mesa terá início no dia 08/12/2018, a partir da hora 16h30. Solicito então à @staff a configuração <padrão> de minha mesa, com a única adição do chat de roleplay.

2 Likes