Boku No Hero

Olá á todos

Depois de 30 horas de negociação e ter visto um filme sobre um homem aventureiro, eu acabei por livre espontânea pressão decidindo reviver o grande ancião

Sinopse

Em um mundo onde 80% da população possui algum poder sobre-humano, ou “dons”, conhecidos como individualidades. Nesse mundo fictício, desde o primeiro caso constatado de um recém nascido com algum tipo de poder, o índice de criminalidade cresceu proporcional ao surgimento de heróis com as mais variadas capacidades. E, como não poderia deixar de ser, o sonho de nossos players é se tornar um super-herói e entrar na UA Academy do pais onde vive o maior herói numero 1, ou seja, Herrison Storm


Inscrições

Para participar desta campanha, basta que o dia até 1/04 mande uma mensagem contendo a ideia da tua personagem com;
(Detalhes extras: Vocês vivem numa versão do Universo de Boku no Hero, onde cada pais tem seu próprio herói 1 e os eventos do anime ocorrem ao mesmo tempo que a mesa. E vcs estão na cidade de Net, um pais Fictício que é uma mistura dos Eua com Japão)

  • Se prefere que á mesa seja semanal ou quinzenal
  • A história
  • O nome
  • A família
  • Pq quer ser um herói
  • Objetivos de vida
  • Individualidade

(As melhores inscrições serão escolhidas. Então capriche)

▬ Título: Minha Academia de Super-Herói
▬ Sistema: M&M3e
▬ Estilo: Super-herói
▬ Dias da mesa: Sexta-Feira
▬ Horário da mesa: Variável graças ao vírus, mas normalmente as 22h00
▬ Faixa Etária: +12
▬ Tamanho da Mesa: 4 a 6 (vai depender muito dos Players)

5 Likes
  • Durante a quarentena eu prefiro semanal mas quando acabar acho melhor quinzenal

  • História: Numa fria noite de inverno uma mulher está dando a luz a uma pequena e fraca criança, já sobre os braços da mãe a pequena criança esboça um sorriso, então a mulher nomeia seu filho como Mikael
    Seu nome em homenagem ao seu já falecido avô um grande homem, já esteve no top 10 dos melhores heróis do pais em seu auge, o pequeno Mikael sempre se entusiasmava com as histórias que sua mãe contava de como o seu avô era incrível e sempre com uma expressão confiante em seu rosto, independente da situação ele sempre dava ao máximo para proteger a todos.
    Sabendo de todas essas incríveis histórias Mikael fez uma promessa se tornar um herói tão incrível quanto seu avô, mas avia um grande problema a seu dom ainda não tinha se desenvolvido.
    Até em um dia normal Mikael estava voltando do colégio ele encontra sua casa completamente arrasada e sua mãe caída sem vida na porta da frente, ele caído de joelho na frente do corpo de sua mãe numa explosão de emoções seus braços em chamas negras, azuis e vermelho, e assim seu dom finalmente desperta, no seu momento de mais profundo desespero.
    Alguns anos mais tarde, agora vivendo com os seus tios e possuindo seus 15 anos ele finalmente vai dar mais um passo ao seu sonho de se tornar um herói, entrando na UA Academy, Com dois objetivos descobrir o que realmente aconteceu com sua mãe e cumprir a sua promessa de se tornar um herói q supere seu avô.

  • Nome: Mikael Collins.

  • Família: Jonathan Nevs (Tio) trabalho numa cafeteria, não possui individualidade Amber Nevs(tia) também trabalha nessa mesma cafeteria, possui individualidade de fogo.

  • Pq quer ser um herói: Cumprir a promessa q fez a sua amada mãe.

  • Objetivos de vida: Descobrir a verdade sobre o que aconteceu com sua mãe.

  • Individualidade: Kokoro no honō, chamas que sujem de acordo com o que o usuário sente e de acorde com o sentimento a chama varia de cor e efeito.

  • Efeitos das chamas:
    -Tristeza: chamas azuis e frias
    -Raiva: chamas vermelho sangue, extremamente quente a ponto de derreter metal em alguns poucos segundos.
    -“Normal”: Chamas brancas com uma mistura de outras cores uma mistura de chama quente e fria, mas nada ao extremo

  • Aparência: Um pequeno garoto ruivo possuindo heterocromia

4 Likes

Por favor tire a foto do Akashi T.T
O crime de afiliar esse personagem a esse nome é maldade T.T

não gostei da sua atitude

● Durante a quarentena eu prefiro semanal mas quando acabar acho melhor quinzenal

● História:Num dia mais claro nasce um menino forte e saudável,já desde criança despertava o desejo de ser um herói pois esse desejo foi passado pelo seu pai que já era um herói que faleceu em combate e em seu auge e o 2 do ranking ,seu nome é Garfield é possui uma força de vontade impressionante para alcançar seu objetivo é da tudo de si para manter os outros seguro,Garfield é confiante e destemido,ele prometeu para si que seria o melhor super herói um dia,mas Garfield até seus 13 anos não avia despertado nenhuma individualidade mas 1 ano se passou é seu sonho só aumentava pois faltava muito pouco para isso é quando se deparou com uma situação real na escola em que ele precisou ajuda um amigo da sua classe a sua individualidade despertava lhe dando uma incrível resistência,força física, velocidade sobre-humano e vôo,mas não foi fácil nem por um momento ele se acostumar com aquilo pois sua mãe que é solteira e não possui nenhuma individualidade mas isso não foi o suficiente para ele desistir de entra pra história dos herois

● Nome:Garfield Logan

● Família:Marie Logan(mãe) ela é corretora de imóveis e não possui nenhum individualidade
Mark Logan(pai) faleceu em combate,possuia individualidade semelhantes a de Garfield.

● Por que ser um herói:cumpri a promessa que ele fez a ele mesmo e a sua vontade de ser o melhor super herói

● Objetivo de vida: ser o melhor super herói de todos

● Individualidade:Saigen,o corpo do usuário aparentemente fica maior e mais forte e com isso possibilitando ele ficar mais forte,agil e resistênte,sendo que não existe explicação para ele poder voar (mas ele consegui)

● Aparência: ainda não sei

2 Likes
  • Por enquanto prefiro semanal mas sem problemas se vira quinzenal

  • História: Na cidade de Net vive uma criança chamada Neran, com sua mãe e pai.
    Sua mãe, Margaret, é uma super-heroína que sempre enfrento os vilões com sua individualidade de eletricidade, e tem toda a admiração de seu filho, a família Mcthunder sempre viverão muitos felizes.
    Um dia quando Neran tinha 14 anos, ele estava em casa a noite, seu pai estava trabalhando e sua mãe estava em casa, a campainha toca, depois de Margaret ver quem era ela o mandou ir para o quarto, desconfiado Neran foi bisbilhotar para ver o que estava acontecendo, ele viu sua mãe e um cara com um grande casaco e chapéu discutindo agressivamente, o homem acabou o vendo e se assustou, então ele disparou de sua mão uma rajada de luz em Neran, Margaret entrou na frente e caiu em cima de seu filho, que bateu a cabeça e desmaiou.
    Quando Neran acordou viu sua mãe morta em cima dele, Neran ainda não tinha despertado sua individualidade, porem depois dessa cena ele liberou raios negros de todo o seu corpo destruindo parte da casa, quando os super-heróis chegarão e a policia virão a cena e logo o culparão pela morte de sua mãe, depois de 1 mês de investigações liberarão o menino.
    Depois de 2 anos seu pai Arthus se matou enforcado perante a depredação, e então Neran foi viver com seu avo Magnus.
    Neran jurou pra si mesmo que iria virar um super-herói para vingar sua mãe e prevenir que mais ninguém passe o que ele passou.

  • Nome: Neran Mcthunder

  • Pq quer ser um herói: Para vingar sua mãe e prevenir que ninguém sofra como ele

  • Objetivos de vida: O mesmo que o de cima

  • Individualidade: Burakkurei, o corpo do usuário vira energia, assim conseguindo manipula-la pelo seu corpo o dando uma velocidade extrema e um bom poder de fogo

  • Aparência: Um garoto de cabelos negros com uma faixa branca dentre eles, transmite um ar de frieza e usa óculos.

3 Likes

Agora que fui lê sua historia, acabei fazendo parecido sem querê kkkkk

1 Like

Eu meio que também kk

@AdleyKalEl @Lucifer e @Joao, o trio de depressivos que querem virar herois para vingar alguém

3 Likes

São os protagonistas ao contrario, ficão mais fortes quando ficão bolados kkkkkkkkkkk

  • Preferia diariamente mas n tem essa opção então semanal serve

  • A história: alguém comum que cresceu normalmente sem problemas e despertou a individualidade aos 5 anos e por influencia da mãe e da mídia vai se tornar um herói

  • Nome: Arthur miler

  • A família: Mãe e irmã mais velha sem individualidade sou o primeiro a ter ''poderes"

  • Pq quer ser um herói: pressão familiar

  • Objetivos de vida: ter a licença de herói para minha família parar de encher o saco

  • Individualidade: nulificação temporaria de outras individualidades atravez do toque

Tenho 3 ideias de personagens, posso colocar os 3 para ter mais chance?

Durante a quarentena eu prefiro semanal mas quando acabar acho melhor quinzenal

História: Criado em uma família com tendencias filantrópicas, Nicola sempre desenvolveu um senso de ajudar os mais fracos, sua posição na sociedade era alta, sua individualidade refletia sua personalidade, uma espécie de auto sacrificio. Seus pais criaram uma instituição de estudo das individualidades para que possam entender o funcionamento e tentar ativar esse potencial nos que não possuem que tanto sofrem contra os vilões, eles tem conquistado espaço por meio da política e dos estudos, Nicola por outro lado viu que este era um projeto de longo prazo, que não havia nada sendo feito pelo agora, então decidiu se tornar um heroi para ajudar no agora, no momento atual ao mesmo tempo que espalha a conquista e dedicação de sua família para alcançar investidores e apoio do público em seus objetivos.
Nicola se destaca por sua agilidade e sua habilidade em esgrima

Nome: Nicola Lancellotti Savoia

Família: Rafaello Lancellotti Savoia e Frantchesca Lancellotti Savoia, possuem título de nobresa, são empresários e filantrópicos, auxiliando no estudo das individualidades.

Porque ser um herói: Porque acha que como possui individualidade ele é superior e tem o dever de ajudar os que não possuem

Objetivo de vida: Tem como objetivo proteger os que não tem individualidade além de buscar meios para que eles evoluam e consigam uma, busca que eles encontrem uma forma de se defenderem dos vilões e serem mais independentes.

Individualidade: Manipulação sanguínea, podendo disparar gotas de sangue como uma bala, usar como chicote, lança entre outras formas de manipulação
Nicola utiliza um sabre no qual pode se cortar para fazer o sangue fluir ou cortar os inimigos em casos mais extremos. Além do mais devido ao seu controle e uso dessa habilidade, seu corpo passou a produzir sangue mais rapidamente para suprir.

Nicola

2 Likes

Ja havia feito uma historia mas por ter ficado parecido com os demais irei postar outra.

  • Prefiro semanal

  • Historia: No meio das florestas de Net vive uma família que possuem individualidades de transformar seu corpo em animais, o estranho é que cada membro da família consegue se modificar em animais diferentes.
    Essa família não tem um nome especifico mas ficarão conhecidos como os Yasei (Selvagens), Os membros dessa familia consiste em 5 pessoas.
    O avo que se transforma em macaco, a mãe em uma coruja, o pai em um rinoceronte, o filho mais velho em lagarto, e o mais novo Norton que aos 8 anos ainda não despertou sua individualidade.
    Os Yasei sempre forão uma família muito feliz e sempre cuidarão do caçula por ele não ter individualidade, até um dia.
    Aos 9 anos os Yasei forão fazer sua caçada na floresta mensal, e dessa vez levarão Norton, depois de umas horas procurando sua pressa Norton se perde de sua família, envergonhado com a situação não pede ajuda mas tenta sozinho voltar para sua família, até ouvir um rugido e presenciar um urso (Não sei se tem urso no pais mas tendo ou não da pra encaixa na historia), Norton começa a pedir ajuda e grita mas ninguém aparece, o urso avança ferozmente e no impulso e muita sorte, ele desperta sua individualidade, mas ele não se transforma em um animal e sim em um demônio, e com isso consegue matar o urso, e o levou de volta pra casa sozinho, depois de se encontrarem todos se espantão com sua aparência e naquele momento Norton decide o que sera de sua vida.

  • Nome: Norton Yasei

  • Família: Bob Yasei (Avo), Petrik Yasei (Pai), Anna Yasei (Mãe) e Fabio Yasei (Irmão)

  • Pq ser um herói: Para ter algum tipo de reconhecimento, pois sua família nunca teve isso

  • Objetivo de vida: Aprender a dominar sua individualidade

  • Individualidade: Akuma no katachi, o usuário consegue transformar partes de seu corpo em uma forma muito similar a um demônio e cria uma calda, dando força e destreza

  • Aparência:

2 Likes

KKkk olha nada te impede de fazer isso, mas lembre-se que eu vou escolher as melhores inscrições. Então você prefere ter três personagem para eu escolher um, ou um “super personagem” que provavelmente vai ser escolhido?

  • Se prefere que a mesa seja semanal ou quinzenal: Quinzenal se for as 22h ou semanal se for mais cedo.

  • A história: Durante sua infância, nada acontecia de demais em sua casa, mas Kayd sempre gostava de lutar e treinava alguns estilos de lutas sozinho depois da escola. Quando se torna adolescente, entediado com sua vida, ele furtivamente sai de casa algumas noites para lutar num clube de lutas ilegais, ele se finge ser mais velho e faz partes das lutas. Com o tempo, ele ganha o apelido de inabalável por nunca ter caído em nenhuma das batalhas, ele ganhava bastante dinheiro nas lutas, ajudava nas despesas da família, mas continuava entediado por não ter lutas difíceis.
    No teu último ano de escola, alguns colegas ficam falando sobre a melhor escola de Net, falam o quão difícil é passar naquela escola e se formar nela. Kayd sente um novo desafio a frente, mas será a escola suficiente para satisfaze-lo?

  • O nome: Kayd Stuart

  • A família: Harry Stuart (Pai - Força), Elena Stuart (Mãe - Absorve danos), ambos são trabalhadores comuns na sociedade.

  • Pq quer ser um herói: Estava entediado de lutas fáceis, talvez na escola mais cobiçada eu encontre mais desafios.

  • Objetivos de vida: Me divertir

  • Individualidade: Resistência Física

3 Likes

Continuando a discussão do Boku No Hero:

Preferência Semanal
História
Ciclone Dourado era um herói promissor. Suas notas eram excelentes, tinha uma ótima relação com a comunidade de heróis e possuia uma individualidade poderosissíma. Em seu pouco tempo estagiando, havia realizado contribuições significativas as quais resultaram na captura de vilões procurados. Todos os indícios demonstravam que ele possuia um futuro brilhante pela frente.

O destino tinha outros planos.

Ciclone e seu tutor estavam patrulhando quando receberam denuncias de um assalto a banco em andamento. Chegaram a tempo de render a maior parte dos criminosos sem problemas. No entanto, uma garotinha havia permanecido dentro do edifício paralizada de medo. Quando o último vilão remanecente tentou encontrar uma rota de fuga, acabou se deparando com ela e a tomando como refém.

Ansioso para resgatar a criança e confiante em suas habilidades, o jovem herói se ofereceu para trocar de lugar com ela. A proposta foi aceita e Daisy pôde ser trazida para fora em segurança.

Infelizmente, o plano ousado de Ciclone acabou resultando em tragédia. Sua vida foi perdida antes que o criminoso pudesse ser apreendido pelas autoridades.

Sentindo-se responsável por ter tirado do mundo alguém que se tornaria um grande aliado da justiça, Daisy decidiu se tornar uma heroína em seu lugar. Desde então, vem treinando seus poderes psíquicos para um dia conseguir se torna uma profissional.

Nome Daisy Daniel / Mind Blow

Família Dave Daniel (Pai), Lara Daniel (Mãe), Robert Daniel (Irmão), Dave Daniel Jr. (Irmão)

Por que quer ser uma heroína? Daisy se sente responsável pela morte do Ciclone Dourado.

Qual seu objetivo de vida? Daisy deseja torna-se uma heroína equivalente ao herói o qual acredita que Ciclone Dourado estava destinado a ser.

Qual sua individualidade? Psiquíca. Daisy é capaz de manipular energia psiônica para criar lâminas e disparar raios os quais atacam a mente de outras pessoas.

1 Like
Behold a ficha do Aladdin, Dark
  • Se prefere que a mesa seja semanal ou quinzenal: Quinzenal, mas se for semanal que seja pelo menos mais cedo
  • A história: Bryan, cresceu em volta de super heróis, vendo o mundo dos Vilões e vendo seus pais lutarem contra o bem e o mal, assim como os pais dele antes deles. O garoto, sempre teve essa vontade de seguir os passos da família, assim como um médico talvez tenha tido um pai ou mãe médicos.
    Ultraman, o pai, com a individualidade de ser pequeno como uma formiga ou crescer como um prédio, sempre o incentivou ao mundo, incentivou a confiança e positividade do garoto sobre as coisas, o fazendo crescer com um ideal forte e consolidado de que o bem vence o mal. A mãe, fazia parte da porcentagem pequena que não possui individualidade porém sempre foi uma mulher corajosa de alta patente do exercito, da força área americana e sempre mostrando que o caráter vem antes da individualidade.
    Então, crescendo o garoto esperava ansiosamente a manifestação de sua individualidade, quando pequeno via as crianças recebendo as dele e sempre voltava ansioso contando aos pais qual era o amigo que tinha manifestado naquele dia.
    O tempo foi passando, os anos foram passando, e os médicos diziam que não havia nada de errado com Bryan, mesmo ele achando que deveria ter, como os poderes dele não haviam se manifestado ainda?
    Por mais que a mãe disse-se que estava tudo bem, a cada ano que passava ele via a decepção crescer nos olhos do pai, isso foi até um ano antes de entrar no ensino médio.
    Após, uma ótima noite de sono após horas de vídeo games sobre super heróis que de vez em quando iam jantar em sua casa, Bryan acordou, porém para sua surpresa a cama estava muito maior que ele, muito desesperado pensando que ficaria assim pra sempre ele esperou, uma, duas, doze horas se passaram e ele ouvia polícia do lado de fora da casa.
    Um barulho forte se fez na porta dele, era um chefe de polícia, então ele começou a gritar:
  • Eu to aqui! Me ajuda!
    O pai logo atrás, riu, e surpreso se aproximou da cama, e então Bryan correu abraçando o grande nariz do pai, após algumas horas ele conseguiu voltar ao tamanho normal, e assim foi o ano antes de poder tentar pra academia.
    Ele treinava todos os dias com o pai, como crescer como diminuir, ele finalmente poderia ser o que sempre quiser ser, como seu pai.

  • O nome: Bryan Collins
  • A família: Robert Collins (Ultraman), Nathaly Collins, ambos são da Força Aérea Americana.
  • Pq quer ser um herói: Seguir a tradição da familia
  • Objetivos de vida: Me tornar o heroi numero um da America!
  • Individualidade: Alterar seu tamanho, podendo ficar pequeno e grande.

Behold, Aladin sister’s sheet
Se prefere que a mesa seja semanal ou quinzenal ; Prefiro quinzenal mas se for semanal, tudo bem.
A história:
Era um dia frio, e as folhas eram amareladas quando caiam no chão de pedra que levava ao hospital, tudo estava em silêncio e podia-se ouvir um choro de um bebê recém nascido que vinha do segundo andar.

– É uma menina - diziam aos médicos a entregando na mão gélida da mãe que estava pálida encarando a filha com os grandes olhos lilás.

– Ela parece com você - Dizia o homem com óculos e olhos azuis fortes o qual sorria para a mulher.

Talvez, aquele tenha sido o dia mais feliz que Kyoko tenha vivido, o dia que se sentiu mais aceita, e foi assim durante alguns anos, a vida era feliz e tranquila para família Yoon. O pai a levava para passear no parque e era algo que ela lembrava bem, lembrava do ar batendo em seu rosto quando o pai a empurrava no balanço, quando jogava vôlei com as outras crianças, quando chegava em casa e sua mãe estava te esperando com uma fornada quentinha de biscoitos.

Pelo menos isso ela podia dizer, que boa parte de sua infância foi boa, que tinha sido uma criança feliz.

Foi até aquele dia, era um dia normal, Kyoko tinha por volta de 6 anos de idade e esperava o pai para poder ir para escola, as individualidades das crianças da classe começavam a aparecer aos poucos e a pequena esperava ansiosamente por a dela, apesar dos medos de seus familiares sobre o que poderia vir a ser, em quanto Sayori, a mãe da garota se arrumava para caminhar com a garota até a escola, o pai fazia algumas formas de animais com sua individualidade. A individualidade do pai de Sayori era uma esfera de baixa manipulação da cor azulada, a qual ele podia fazer pequenas coisas como formar animais, contar pequenas histórias e lavar a louça ou segurar Kyoko no colo até alguém colocar o cadeirão perto, a criança sempre gostou das histórias que o pai contava com tal individualidade.

– Kai, pare de incentivar ela com essas demonstrações.

O homem revirava um pouco os olhos fazendo cócegas nas bochechas da garota com a esfera, o que fazia os olhos grandes e lilás brilharem e tentar morder a esfera com os dois dentes frontais que tinha.

– Sayori, não foi porque deu errado pra você que pode dar pra ela.

A mãe puxava com sua telecinese o casaco o vestindo, puxando em seguida a mochila de escola da garota.

Os pais pareciam estar numa discussão intensa sobre individualidades na qual o pai defendia que uma hora ou outra a individualidade apareceria e a mãe que não queria que a filha passa-se pelo isolamento social que ela sofreu e que preferia que a garota não tivesse ou escondesse a futura individualidade.

O debate ficava caloroso a cada momento q passava e os olhos grandes iam se enchendo de lágrima.

Então se escutou o barulho de algo quebrando, era uma xícara que havia quebrado bem ao lado da criança, antes que o pai conseguisse a garota já havia tocado em um caco de vidro e começou a chorar, os pais continuaram a briga , colocando um culpa do outro, culpa da mãe por ter jogado a xícara ou do pai por ter tocado no assunto? Isso não importa, o que importa caro leitor, é que o que veio em seguida mudou a vida de nossa personagem pra sempre.

Os olhos da garota começaram a brilhar, quanto mais alto o choro ficava mais brilhavam saindo pequenos fios da cor de seus olhos da mão de Kyoko, o primeiro fio bateu na janela a quebrando, o segundo na parede fazendo um fino furo, e o último crescia em torno da garota como um escudo esférico.

Então lá estava, a individualidade, depois do acontecimento os pais demoraram por volta de meia hora para tirar ela de dentro da cúpula que a protegia, toda vez que encostavam, não conseguiam atravessar com as mãos, e a criança estressada e com os olhos iluminados não parecia escutar. Depois de vinte minutos podia-se ver gotas de sangue saindo do nariz até que por fim o esforço a levou ao desmaio.

E assim foi descoberta a individualidade da garota, uma mistura das individualidades do pai com a da mãe, uma versão diferente, uma versão única, era o que ela sempre pensou.

Depois daquele dia e de diversos acidentes escolares, a mãe começou a limitar o uso da individualidade dizendo que por ser uma criança ela apresentava um risco para si mesma e para as crianças ao redor e foi assim que cresceu Kyoko, ela ganhou o castigo e um par de luvas já que não tinha controle total da individualidade.

Lendo as notícias dos heróis que ultlizavam os poderes de forma para ajudar os outros, e se perguntando se eles tão grandes e poderosos já tinham sido rejeitados desse jeito, treinando pequenos escudos no chuveiro escondida da mãe, e saindo ao parte para treinar pontaria com amigos de individualidade de pontaria, mantendo, sempre, silenciosamente o desejo de um dia ver quais eram os limites dessa individualidade com a qual nasceu.

Ao passar dos anos isso a afastou da mãe, o pai por mais que a apoiasse nunca se envolveu e se separou 2 anos depois do primeiro incidente a deixando com a mãe.

Os anos foram passando, a cabeça se formando, e tudo que ela mais queria era participar de um lugar onde poderia mostrar do que era capaz, de que não era uma ameaça, mas sim alguém que poderia ajudar a salvar o mundo, tirar as luvas e mostrar como ela era, apenas não sabia como ainda.

O nome : Kyoko Yoon

A família:

Sayori Yoon - mãe, individualidade de telecinese, contra o uso da individualidade da garota, sendo uma mãe atenciosa porém super protetora

Kai Yoon - solta uma matéria azul maleável porém sem alto alcance, apoia Kyoko em decisões de sua vida sendo um pai extremamente presente nas realizações da filha.

Pq quer ser um herói : Kyoko deseja virar uma super por ambição própria, a garota sente uma grande vontade de ser aceita e acredita que talvez ultilizando seu poder, ela pode mostrar para outros que a individualidade não é perigosa mas sim única, que sempre podemos superar obstáculos, ela quer ser exemplo pra pessoas que nunca foram incentivadas como ela.
Objetivos de vida : Kyoko deseja uma vida de super heroína, a garota é tímida então prefere ficar fora dos holofotes porém ela que ser um modelo para pessoas ao redor do mundo, e o mais importante, ajudar sempre.
Individualidade : Kyoko possui uma individualidade relacionada com a telecinese, a garota solta consegue soltar pelo corpo físico um tipo de matéria roxa manipulável por ela, a qual pode servir de proteção, ataque e até de movimentação de objetos, dependendo da intenção, formando escudos de pequeno porte por tempo considerável e de grande porte por tempo limitando (questão de segundos, podendo se estender com prática). A matéria roxa na forma de ataque pode vir em forma de discos ou esferas a qual também pode vir em forma de corda para segurar pequenos e médios objetos ou pessoas, tendo dificuldade para segurar pessoas muito maiores que Kyoko. (Tudo pode ser intensificado em situações de stress porém por pouco tempo por limite físico)

1 Like