As Crônicas da Bravura: A nevasca vermelha

O que fazemos em campanha, ecoa na eternidade.

Título: As Crônicas da Bravura: A nevasca vermelha
Sistema: D&D 6e (D&D 5 com diversas alterações)
Plataforma: Discord, Roll20 e grupo de discussão no Facebook.
Requisitos: 18+, microfone razoável, vontade de interpretar.
Data/Horário: Será definido na segunda semana de Janeiro após a seleção de jogadores, mas será no período noturno.
Duração: Campanha
Vagas: 3/6

Guerra! O mundo de Vell’Ares esta sendo devastado por uma invasão demoníaca que assola suas terras por mais de um século. Reinos caem, enquanto heróis se levantam.
Enquanto poderosos aventureiros enfrentam as ameaças infernais nos conturbados Reinos Livres dos homens, uma outra força surge no norte para combater a a sombra de trevas e fogo dos demônios que caí sobre o reino dullahan (anões) de Bellmoran.

Poderão combater esta ameça ancestral?
Vocês decidiram.

Os jogadores começam no 3º nível nas planícies geladas do reino de Bellmoran.
A campanha faz parte do cenário As Crônicas da Bravura, um cenário com mais de quatro anos de existência onde tudo que um grupo faz ecoa no cenário. Existe outra campanha acontecendo no mesmo cenário e futuros encontros em grupos serão possíveis e necessários.

O cenário possuí raças, possivelmente classes e mecânicas diferentes das apresentadas nos livros de D&D 5e, mas para tal usa as regras da 5ª Edição como base.

Para interessados peço que enviem história do personagem para seleção, boa parte do background será construído durante a própria sessão zero onde deixaremos o senhor Caos reinar.

Venha escrever o seu nome neste mundo.

5 Likes

Opa. Tenho interesse em participar, caso as sessões sejam na quarta feira após as 20h (único dia/horário livre atualmente).

Oi, gostariaa de particiapar dessa mesa, sou novo no jogo mas leio bastante os livros e queria participar. Estou disponivel tds os dias.

Crie um background e me mande. Faça ele bem superficial, mas colocando lá o que julga essencial para o personagem.

E me responda uma pergunta: Por que você foi para a guerra contra os demônios?

Crie um background e me mande. Faça ele bem superficial, mas colocando lá o que julga essencial para o personagem.

E me responda uma pergunta: Por que você foi para a guerrear contra os demônios?

Discord: BerserkerFury #8536

Nome: Hielik

Sexo: Masculino

Idade: 86

Raça: Halfling

Classe: Rogue

Alinhamento: True Neutral

Personalidade:

Animado e gentil, sempre tenta dar apoio a aqueles que pouco tem, quando possível, tenta animar as pessoas a sua volta dizendo piadas ruins e que no fim, só o fazem passar vergonha, fica furioso quando alguém fala do seu tamanho, sendo mais baixo até mesmo entre os Halflings, e no decorrer da sua vida, desenvolveu um vício por bebidas e jogos de azar.

Background:

Hielik nasceu em uma cidade grande (depois que conhecer melhor o mundo do mestre adiciono um nome para a cidade), filho mais novo entre 4 irmãos, seu pai era um mercador de frutas e verduras, enquanto sua mãe desempregada. Hielik passava o dia fora de casa, pedia por esmolas nas áreas altas da cidade, procurava por algo de valor nos lixos dos bem vestidos e tentava melhorar, mesmo que pouco, a vida de sua família. Viviam nas áreas baixas da cidadela, conhecida como A Sarjeta, local úmido, frio e nojento, ele cresceu vendo o pior lado das pessoas, ladrões, assassinos, e todo tipo de criminosos que habitavam o lugar, mas ainda assim, a noite, ele voltava para a sua casa para encontrar algum aconchego; Uma vez ou outra, se perguntava porque de sua família morar em tais condições dando tudo de si todos os dias, enquanto outros ficam “lá em cima” (Como ele se refere a parte alta da cidade) com tudo a sua disposição sem nem levantar um dedo. Então ao invés de ficar sua vida toda catando as moedas daqueles lá do alto, decidiu fazer alguma coisa para tirar sua família dessa miséria, assim ele começou a roubar comida, que passou a ser roubar dinheiro, e um dia passou para assassinato, foi apenas uma vez, estava desesperado, precisava do dinheiro, e nunca mais assinaria a um contrato desses de novo, dessa forma ele entendeu o porque de existirem tantas pessoas assim.

Agora na sua Idade adulta, Hielik consegue, mesmo a partir de diversos contratos de roubos, dar uma vida melhor a sua família, e decide sair dessa cidade e ir para o mundo, onde espera encontrar outro motivo para sua vida, além do crime.
1 Like

*Nome ------------------------ Droco

  • Sexo ------------------------- Masculino
  • Idade ------------------------ 30 anos
  • Raça ------------------------- Meio-ork
  • Classe ---------------------- Guerreiro
  • Alinhamento ------------ Caotico Bom
  • Personalidade ---------- Sou frustrado por ter nascido nesse mundo, e atravez da batalha busco encontrar sentido na vida.
    *Historia-----------------Nasci numa vila de humanos,minha mae foi abusada por um ork durante um ataque, mas mesmo assim sempre me amou e mostrou carinho por mim. Durante muito tempo fui escurrassado pelas outras pessoas da vila, e minha mae sempre me protegia, isso só fazia aumentar meu amor por ela. Um certo dia minha vila foi atacada por demonios, minha mãe foi pega no ataque, tentei salva-la mas não consegui. Essas foram suas ultimas palavas: “vc n é de todo o mal como dizem, salve-as e prove seu valor como uma boa pessoa”. Com isso ela morre em meus braços e busco vingança ao mesmo tempo que desejo realiazar os desejos de minha mãe
    Afiliações --------------- Nunca ter dido seus sentimentos a sua mãe e tem impedido sua morte.
  • Por que ir a guerra? ------------------ Busco vingança na guerra. A unica coisa que me prende no mundo são suas ultimas palavras de minha mãe, agr procuro realiza-las

Espero que goste.

1 Like

Tenho interesse em participar da campanha
Meu personagem está pronto na vault da dungeon, seu nome é Damien Eliwood ele é um tiefling paladino (todas as informações dele incluindo background estão no link anterior), sinto que serão necessárias pequenas alterações para adapta-lo para esse mundo
Quanto ao motivo de ele enfrentar os demônios, pensei que ele se envolveu no conflito para encontrar pistas da identidade e do paradeiro de seu pai (supostamente, um demónio)

2 Likes

Mandem o background como julgarem melhor, não se prendam tanto a raças no momento, pois serão alteradas na sessão zero.

1 Like

o meu ta bom assim ou quer algo a mais?

Perfeito! qualquer alteração será feita na sessão zero (Sessão de criação de fichas).

Requisitos do jogador:

  • 2 anos de experiencia
  • 333#3656
  • 20 anos

Requisitos do Personagem

  • Nome: Mamom

  • Sexo: M

  • Idade: 19

  • Raça: Tiefling

  • Classe: Ladino

  • Alinhamento: CM

  • Personalidade: introvertido, sensorial, julgador e manipulador. (psicopata)

  • hook: Tudo começa na cidade Acaladefe, onde Mamom e sua irmandade que buscam poder, resolvem buscar a vida eterna através dos poderes do seu deus Nerull (que representa a morte), por meio de um grimório de Mormaguil que contem um ritual q consegue usurpar grandes poderes. Em uma de suas reuniões, Mamom é convocado para encontrar um contato de olhos verdes e cabelo roxo.

  • Motivação: Sabendo que há uma pista do grimório: Mamom, em sua sede de poder, quer adquirir o grimório para causar o caos no reino de Acaladefe. Pois sofre/sofreu mto preconceito por ser um tifling. (esse grimório daria o poder necessário para sua vingança)

2 Likes

Nome: Lucia
Sexo: Feminino
Idade: 180 anos
Raça: Elfa da floresta
Classe: Feiticeira
Alinhamento: Leal Neutro
Personalidade: Apesar de ter grande desconfiança com todos, Lucia é uma elfa muito gentil que tenta fazer amizade com aqueles que convivem com ela. (Odeia falar de coisas do passado…)

Background:
“Em meio dos meus longos anos de vida, sempre estive em uma jornada em busca de aventura. O porque disso? Há seculos atras, houve um ataque a floresta em que eu vivia, feito por seres que não faço ideia do que sejam até hoje… Aquela floresta sempre foi meu lar, eu protegia tudo e todos que la viviam, mas no fim das contas fui a unica sobrevivente, apos lutar com aquelas criaturas repugnantes, ganhei meus poderes mágicos mas, não tenho controle sobre eles ainda, e é isso que, apesar de ser a causa do meu maior trauma, torna tudo divertido para as minhas aventuras.
Muito tempo depois, do acidente que causou o meu ganho inexplicável de poderes, estava em um vilarejo após uma aventura e ouvi rumores sobre uma guerra que estava acontecendo contra… demônios?
Seria possível a existência desses seres? Seriam eles os causadores da maior desgraça da minha vida? Eu precisava saber isso.”

1 Like

Discord: Ulghar a Aberração #2502

Nome : Joshua

Sexo : Masculino

Idade : 30

Raça : Humano (Variante)

Classe : Mago

Alinhamento : Caótico Neutro

Personalidade : Tem complexo de superioridade, não se importa muito com os outros, exceto com aqueles que são úteis para ele, vive para si mesmo, gosta de desfrutar dos prazeres carnais, sente prazer em matar os inimigos e busca sempre aumentar seu poder.

Background :

Joshua é um mago que deseja a cima de tudo poder, não importa como o consiga, para ele o fim justifica os meios. Ele não liga para as outras pessoas e gosta de viver uma vida sem arrependimentos, o que o coloca em situações tensas com frequência, porém ele sabe reconhecer quando a melhor escolha é agir pelas costas, afinal sua maior arma é a sua inteligência. Apesar de gostar muito de riquezas e de desfrutar de prazer, o que mais importa para ele é a obtenção de poder para um dia ser o mago mais poderoso que já existiu, ou melhor dizendo, se tornar tão poderoso quanto um Deus.
Seu principal objetivo é encontrar a Mão e o Olho de Vecna e toma-los para si, e ele acredita que por trás dessa invasão demoníaca existe alguém que encontrou esses artefatos e acabou perdendo o controle de sua mente e corpo para o próprio Vecna, que agora está de volta e querendo restabelecer a antiga glória de seu reino neste mundo.

eu posso participa todo os dias a noite sem problema final de semana o dia todo.

essa e a minha historia: Eu me chamo adarash venho da tribo sul pertenço a raça dos draconatos tudo começou a 14 anos atras quando eu era apenas uma criança, a minha vila vivia em paz por eras com alguns demônios, porem em um dia de trovões e chuvas forte apareceu um demônio não disse o seu nome e nem disse da onde vinha, falou que servia a um rei que ele o tinha enviado em busca ajuda, pois os humanos destruíram a vila onde ele vivia, nossos pais não descofiaram armaram-se, e ao chegarem ha mais de 200 metros longe dos portões da vila escutamos gritos foi quando o meu irmão mais velho me escondeu e disse para ficar quieto, passaram minutos e eu escutei o mesmo demônio que veio pedir ajuda falar.
-Vocês são idiotas caíram feitos uns patinho na minha armadilha agora não tem mas ninguém que possar se opor ao rei demônio todas as vilas de sua raça foram apagadas, e você sera o ultimo na linhagem dos draconatos hahahaha.
naquele momento vi ele destrocar o meu como um mero animal, fiquei la esperando a morte vim ate a mi, foram dias ate que eu escuto uma voz vinda ao longe dizendo.
-Mas um tribo foi destruída não sobrou ninguém vivo, os demônios podem ganhar.
-Esperem escutei algo.
eles se aproximaram de onde eu me escondia e abriu o portão que separa eu e o solo, quando eu sair vi meu irmão morto jurei caça ate o ultimo dos demônios para que eles sofram como eu sofri, mas naquele momento a unica que eu fiz foi chora, o humano me segurou pelos braço e disse.
–Agora você sera o meu filho pequeno draconato, sou o capitão dos paladinos me chamo henrato, como se chama?
–Adarash.
Apos enterra todos os corpos dos meus amigos e familiares eu fui com ele para treina e com isso caça todos os demônios principalmente aquele matou meu irmão. não terei piedade, não fugirei e honrei minha promessa e só descansarei quando os demônios sumirem do mundo.

CHAMA NOIS DuStramp AUTO-FILL ! <3 beijo te amo aloha !
é nois !

DS - stramp#0010

Discord: LiamScott#5675

Nome : Killian Sölvpusten

Sexo : Masculino

Idade : 95

Raça : High Elf

Classe : Sorcerer

Alinhamento : Chaotic Good

Personalidade :

Eu tenho grande cuidado de sempre estar na minha melhor forma e me vestir com as melhores roupas. Minha confiança não é muito difícil de ser conquistada mas só se conquista uma vez. É meu dever como um Nobre, proteger e cuidar daqueles que não podem se proteger. Eu vou encarar qualquer desafio pela busca de poder para proteger aqueles que prezo, pois de nada adianta força física ou mágica, se não se tem laços fortes para proteger e cuidar. Se puder dizer um defeito sobre min (ou na minha própria opinião nem é tanto um defeito), é que tenho um fraco por prazeres carnais!
Background :

Celebrinbor, um Feiticeiro, ancestral de minha família teve o sangue mágico puro do Rei Dragão de Prata Anihilion misturado em seu sangue através de um poderoso ritual Arcano. A linhagem inteira de Anihilion havia acabado de ser aniquilada em sua própria terra, o Vale de Gelo, e ele foi o único sobrevivente, apesar de muito ferido ele conseguiu transportar magicamente Celebrinbor, alguém que ele confiava com sua vida, até o local. Utilizando toda a magia deixada pela sua linhagem naquele solo, Anihilion infundiu todo seu sangue mágico no corpo de Celebrinbor, mas antes de se tornar um espírito selvagem, ele pediu a Celebrinbor que obtivesse vingança pela tragédia ocorrida aos Dragões de Prata. Três meses após esse acontecido todos os seres obscuros e demônios responsáveis haviam sido obliterados, derrotados por Celebrinbor sozinho. Ele então se tornou uma lenda por toda Faerûn e ficou conhecido como o feiticeiro portador do legado dos Dragões de Prata, o mais poderoso entre os Altos Elfos da Primeira Era. Em determinas gerações esse poder se manifesta em minha família, os Sölvpusten( ou Silver Breath na língua comum). O último portador do poder foi o avô de meu pai, Alenórin, algúem que eu muito admirava. Ele estava até pouco tempo expurgando demônios de volta ao submundo em um lugar distante até que soubemos de sua morte. Leais e poderosos servos da linhagem Sölvpusten, foram atrás de descobrir os detalhes do confronto que levou a derrota de Alenórin, mas poucos retornaram, e os que retornaram não lembravam de absolutamente nada do que viram ou descobiraram além do Vale dos Elfos. Faérin, meu pai acreditaque os decendentes dos demônios derrotados por Celebrinbor estão por trás disso. Eu tive a certeza sobre essa teoria enquanto vasculhava os pertences deixados por Alenórin em seu quarto, lá eu achei um envelope, dentro tinha um colar de prata com um pingente de rubi e uma carta destinada a mim. O colar me era semelhante, já o tinha visto antes em algumas pinturas que retratavam Celebrinbor em nossas propriedades, estava certo de que era o mesmo. Na carta estava escrito: “Killian, se você está lendo isso, algo deve ter acontecido a mim. Todos os anos que passei lhe ensinando sobre os lendários poderes do Dragão de Prata não foram em vão, você agora é o único herdeiro vivo. Durante algumas missões eu descobri que os descendentes dos demônios e seres obscuros derrotados por Celebrinbor estavam atrás de nosso sangue para realizar um ritual poderoso que trará de volta a Faérun uma terrível ameaça! O meu sangue eles não terão, eu dei um jeito nisso, agora eles irão atrás do seu. Você deve descobrir o que está por trás desse ritual e detê-los, porém sozinho mesmo com todo o poder Dracônico de Prata não será suficiente, você precisa encontrar poderosos e leais companheiros que estarão ao seu lado para impedir essa ameaça. O colar que deixo a você detém poderosa magia oculta ligada a Celebrinbor, não sei muito a respeito disso ou que tipo de propriedade mágica ele possui, isso você terá que descobrir sozinho, que o espírito do Rei Dragão de Prata Anihilion o proteja!”. Ao ler todo o conteúdo da carta fiquei curioso e ao mesmo tempo preocupado, preciso agora descobrir que segredos estão por trás desse colar, devo sair do Vale dos Elfos a procura de pistas que me levem aos responsáveis pela derrota de Alenórin para obter vingança! Enquanto isso buscarei incessantemente formas de aumentar meu poder mais e mais, espero encontrar poderosos e leais companheiros em meu caminho, pois de nada adianta poder se não tiver laços para proteger e cuidar. Honrarei meu legado deixado por Celebrinbor como portador da Magia do Rei dos Dragões de Prata.

Por que você foi para a guerra contra os demônios?

Até recentemente não havia me sentido preparado para deixar meu lar e sair pelo mundo, mas após a derrota de Alenórin, decidi fazer valer o legado de minha família!
Meu objetivo é conhecer o mundo, aprimorando meus poderes e buscando maneiras de me tornar ainda mais forte, para que assim possa proteger a todos de qualquer ameaça, e ao mesmo tempo descobrir pistas que me levem a entidade responsável pela morte de Alenórin para finalmente obter vingança.

2 Likes

Allisson Cerati, 27 anos. Certa experiencia no sistema
Discord: Allisson Cerati#3190

Gutward Hammerhead, Anão, 60 anos
Classe: Cavalier/Guerreiro

Background
Gutward era de uma companhia de mineradores de carvão de sua cidade natal, até que um dia essa foi invadida por demônios. Como estava no seu turno de serviço conseguiu escapar de ser morto, mas a sua esposa e dois filhos não tiveram a mesma sorte.
Voltando pra casa, de certa distância se depara com toda aquela destruição e com ódio e tristeza, jurou que iria se tornar um soldado e lutar para expurgar os demônios de sua antiga cidade, que agora serve como “playground” para essas criaturas horrendas.

Personalidade: Após o acontecido com sua Família todo o seu bom humor se foi, hoje ele sempre esta meio bêbado, e sempre responde as coisas diretamente de forma ácida .

2 Likes

Gustavo_Pretto, você tem uma ideia de quando irá chamar os escolhidos?
Por exemplo, se vai ser uma semana antes da sessão zero, ou na ultima semana de dezembro, etc.

1 Like

Nome : Varok Blackblood

Sexo : Masculino

Idade : 26

Raça : Meio Orc

Classe : Bárbaro

Alinhamento : Caótico Neutro

Personalidade :

Varok não se importa com muitas coisas. Um homem arrogante, que vê aqueles que deveriam ser seus amigos apenas como servos, tem olhos voltados apenas para a bebedeira, a batalha e a glória. Devido a isso, nunca é visto pedindo algo, mas sempre ordenando . Mas, também devido a esta visão que tem sobre as outras pessoas, acaba sendo sempre superprotetor com aqueles próximos de si, como alguém que protege suas preciosas posses. Tem também um grande amor pelo seu machado. Embora não seja fácil irritar o meio orc, o menor insulto à sua força ou às suas conquistas o fazem explodir. Mesmo sendo um meio orc, Varok se considera um orc completo.

Background :

Varok nasceu dentro do clã Blackblood, sendo o segundo de 5 filhos de Warlord Shug. Foi o único dos filhos de Shug a nascer de uma mulher humana, garantindo que fosse diferente dos demais. E, por não ser um orc puro sangue, passara a ser visto de forma diferente também por seu pai, que tinha baixas expectativas para ele. Como poderia, afinal, ser tão forte quanto um orc? Assim, mesmo que não tivesse culpa pelo seu nascimento, Varok amaldiçoou sua mãe. Passou a odiá-la com todas as suas forças, mesmo que isso não a impedisse de amá-lo.

Sua mãe morreu ainda durante sua infância, após algumas semanas adoecida. Ninguém se importou, nem mesmo Varok, filho da própria mulher. Seus olhos estavam voltados unicamente para seu pai. Desejava alcançá-lo um dia. Desejava ser tão forte como ele. Desejava ser reconhecido por ele.

Para conquistar seu reconhecimento, treinou dia após dia, ficando cada vez mais forte. Na idade adulta, com 16 anos, já era mais forte que a maior parte de seu clã, rivalizando em força com seus irmãos, e ninguém era tão efetivo durante os saques quanto ele. Aos 20 anos, Varok deixou sua tribo para conquistar glória para si, esperando, um dia, retornar e conquistar também o respeito e reconhecimento de seu pai.

Por que se juntou à guerra? :

O interesse de Varok não está na guerra em si. Pouco lhe importa se anões morrerão e demônios conquistarão ou destruirão Bellmoran, ou se os anões terão sucesso na defesa de seu reino. O interesse de Varok é em si próprio: matar o maior número de inimigos, exibindo sua força ao mundo e conquistando glória para si, provando o seu valor para o mundo e, principalmente, seu pai.

Observação: a background de Varok não se resume a apenas isto, mas foi citado os pontos mais importantes. O restante da background será trabalhada posteriormente à apresentação do mundo, caso eu seja selecionado.

2 Likes